Vocações |
LUZEIROS - Campos Vocacionais para Raparigas
Um convite às raparigas que vivem a vida em dinâmica vocacional
<<
1/
>>
Imagem

Uma das atividades promovidas pelo Sector da Animação Vocacional de Lisboa tem o nome de Luzeiros.

Os LUZEIROS são Campos Vocacionais para Raparigas com tempos de catequese e convívio, oração e partilha, trabalho e jogos, meditação e distração, orientados para aprender a escutar Deus, conhecer o projeto de vida de cada uma e construir essa mesma vida como resposta alegre e fiel a Deus.

Como estamos nestes tempos de Covid, realizou-se on-line nestes dias de 27 a 30 de março, com o tema “Pascoa’21 – Em Sua memória!”

Participaram 19 raparigas e, como sempre, foi muito animado e profundo. Sábado à noite tivemos a partilha de testemunhos e Domingo à noite uma Via Sacra muito participada, que a todos ajudou a entrar nesta Semana Santa com verdade e proximidade a Jesus.

O próximo será nos dias 7 a 12 de julho. Esperamos que todas as raparigas que vivem a vida em dinâmica vocacional, isto é, em resposta à iniciativa de “Deus que chama”, possam experimentar este tempo.

Para tal, é importante reconhecer que ser filho de Deus é não ser dono da própria vida, mas antes recebê-la das mãos de Deus como dom e projeto e, assim, construí-la segundo os planos do Autor divino.

Contamos com os nossos leitores para divulgarem estes Campos para raparigas.

texto pela Pastoral das Vocações do Patriarcado de Lisboa
A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES