Mundo |
Obra editada pela Lucerna, com o apoio da Fundação AIS
Livro de Asia Bibi relata casos de perseguição aos cristãos nos últimos anos
<<
1/
>>
Imagem

Intitulado ‘Enfim, livre!’, o livro autobiográfico de Asia Bibi, escrito em parceria com a jornalista Anne-Isabelle Tollet, é “um retrato poderoso do clima de intimidação a que os cristãos podem estar sujeitos no Paquistão, especialmente quando sobre eles recai a infame lei da blasfémia”.

A obra foi editada em Portugal pela Lucerna, com o apoio da Fundação AIS (Ajuda à Igreja que Sofre), e conta a história de Asia Bibi, uma cristã que foi acusada de blasfémia em 2010 por ter bebido um copo de água de um poço. “Por causa disso, foi condenada à morte e passou praticamente uma década de anos na cadeia, sempre com a vida por um fio. A sua história é um exemplo também de coragem. Sozinha, na prisão, ameaçada de morte, nunca renunciou à sua fé, mesmo quando lhe disseram que esse seria o caminho mais rápido para a sua libertação. Foi coerente desde o primeiro momento”, salienta um comunicado, sublinhando que “a sua libertação, no final de Janeiro de 2019, depois de o Supremo Tribunal a ter ilibado de todas as acusações, prova também que a luta pelos direitos das minorias religiosas não deve abrandar nunca, apesar das dificuldades que possam surgir”.

Com a publicação deste livro, “Asia Bibi volta a chamar a atenção do mundo para outros casos de cristãos e membros de outras minorias religiosas presos nas cadeias paquistanesas por causa da blasfémia, uma lei que classifica como ‘injusta’ e ‘maléfica’”. “Qualquer pessoa pode servir-se [desta lei da blasfémia] para se vingar de alguém de quem não goste, por ciúmes ou inveja; e as pessoas que pertencem a uma minoria ainda estão mais sujeitas ao ódio e aos disparates das outras. Tanto cristãos como muçulmanos vivem todos receosos de que apareça alguém mal-intencionado que os acuse sem razão. Foi o que me aconteceu: atiraram-me para um pesadelo horrível, que durou 10 anos. Pensei que nunca mais acordaria dele!”, conta esta cristã.

Ao longo das páginas deste novo livro, Asia Bibi denuncia casos de pessoas vítimas da lei da blasfémia e descreve, “com pormenor”, o “longo suplício que foi a sua vida nas cadeias paquistanesas”.

O livro ‘Enfim, livro!” está disponível “em exclusivo” na Fundação AIS e pode ser encomendado apenas através do site (www.fundacao-ais.pt) ou pelo telefone 217544000.

 

Link direto: www.fundacao-ais.pt/pt/catalogo/livros-biografias-asia-bibi---enfim-livre

A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES