Bible Challenge |
BIBLE CHALLENGE - Nº17
Maria do Rosário Carneiro, ex-deputada
<<
1/
>>
Imagem
Video

Eu queria agradecer, em primeiro lugar, à Joana por ter indicado o meu nome para partilhar esta reflexão sobre a Palavra de Deus. Eu penso que, no tempo em que vivemos, em que é tão complexo do ponto de vista da desfragmentação da sociedade, da falta de sentido de comunidade, de pertença, de partilha, de intenção real de construção de bem comum e que, no fundo, corresponde a um apelo permanentemente feito pelo Papa Francisco - nomeadamente quando fala da ‘casa comum’, com a necessidade de olhar a todos, com especial atenção para aqueles que são os mais pobres, que estão na franja, e que são entendidos como descartáveis -  pareceu-me particularmente significativa esta passagem da Carta de São Paulo aos Romanos que diz: «É que, como num só corpo, temos muitos membros, mas os membros não têm todos a mesma função, e assim acontece connosco: os muitos que somos formamos um só corpo em Cristo, mas, individualmente, somos membros que pertencem uns aos outros.» (Rom 12, 4-5).

Esta é a expressão clara deste desafio que nos é colocado e que nos foi colocado desde sempre, mas hoje, de uma forma particular, porque – como dizia – perante a desfragmentação, o individualismo e a indiferença que é visível nesta construção da comunidade a que nós pertencemos, ela apela claramente para a insubstituibilidade de todos nós na construção desta casa comum e, por isso, não há lugar nem para a exclusão, nem para a existência de descartáveis. Faz apelo à interdependência de todos nós, faz apelo à solidariedade e, consequentemente, à partilha que é necessária em todos nós e faz apelo, de forma muito clara, à responsabilidade que cada um de nós tem, para com o todo e para com cada um. Da responsabilidade que cada um tem que fazer aquilo que tem que fazer e que, tantas vezes, nos esquecemos. Finalmente a responsabilidade que cada um tem para que todos, cada um de todos os outros, possa fazer também ele aquilo que tem para fazer nesta construção comum, na construção desta casa que é de todos nós.

O desafio é que seja a Emília Nadal, a próxima pessoa a refletir sobre a Palavra de Deus.


 

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES