Especiais |
Campanários de Verão
Iniciar as férias com uma experiência de fé e de Igreja
<<
1/
>>
Imagem

Estão neste momento a decorrer os campos vocacionais do Patriarcado de Lisboa, mais conhecidos por “Campanários de Verão”. Tratam-se de propostas que a nossa diocese faz, por meio do Pré-Seminário, a todos os rapazes entre o 7º ano e o 11º ano que queiram ter uma experiência de fé e de Igreja no período inicial das suas férias.

 

O primeiro Campanário teve lugar entre os dias 1 e 5 de Julho, e foi destinado a rapazes do 7º e 8º anos. Para os rapazes mais velhos, isto é, do 9º ao 11º ano, o Campanário acontece do dia 9 ao dia 13 de Julho. Tudo isto decorre nas instalações do Seminário de Penafirme.

Mas no que é que consiste precisamente esta proposta vocacional? Ela é antes de mais uma janela de oportunidade para que os rapazes que aceitem este desafio possam experimentar viver o seu tempo de férias de um modo novo. Aqueles que aceitam ir a um Campanário, têm a possibilidade de se retirarem dos programas normais que poderiam fazer para no fundo, encontrarem-se com Jesus e com a Igreja. Ou seja, redescobrir a fé, não isoladamente, mas com tantos outros da mesma idade e com a ajuda dos animadores e dos padres.  E isto acontece através das muitas experiências que os vários dias num Campanário proporcionam: ir à praia, momentos de catequese, jogos de futebol, tentar resolver um mistério em equipa, espaços de partilha, participar nos serviços quotidianos (lavar loiça, arrumar as camaratas, etc), noites de oração, eucaristia,  jogos nocturnos etc. E o que é que tudo isto tem de vocacional? No fundo, por meio desta diversidade de experiências, criam-se as condições para que estes rapazes vão aprendendo a descobrir que a fé é sempre a experiência de ser chamado por Cristo e de responder a esse chamamento. Aprender esta base é o primeiro passo fundamental, para que depois no futuro, cada rapaz possa perguntar com confiança a Jesus qual é o seu caminho específico dentro da Igreja.

 

H.S.I. – Homem sobre Investigação

Ora, concretamente este ano, quem arriscar embarcar nesta aventura vocacional irá “entrar” no “Quartel de Operações Especiais”, e ser-lhe-á entregue uma missão importantíssima: H.S.I. – Homem sobre Investigação.  Entre missões secretas e operações delicadas, os rapazes terão oportunidade de ir respondendo a algumas perguntas: o que é o Homem? Quem sou Eu? O que é que Jesus me ensina acerca de mim?  Fica pois o convite a que os nossos leitores possam rezar por estes rapazes e pelos frutos vocacionais dos Campanários de Verão, e ainda convidar algum que possa e queira participar no Campanário de 9 a 13 de Julho.

 

_______________


Ofertas

Se desejar contribuir para a Pastoral das Vocações através de transferência bancária, poderá utilizar o NIB do Seminário dos Olivais (0033.0000.00027491256.05), referindo na transferência que se destina às Vocações ou ao Sinal. Se desejar enviar a sua oferta por cheque, este deve enviar à ordem do Patriarcado, e no exterior do envelope indique que se destina à Pastoral das Vocações.

 

_______________


Bolsa Seminarista

Quem desejar participar na formação de seminaristas de qualquer um dos seminários da nossa diocese, poderá utilizar os NIB’s apresentados, indicando na transferência que se destina à Bolsa Seminarista.

Seminário dos Olivais: 003.300.000.002.749.125.605

Seminário de S. José de Caparide: 001.000.002.193.013.000.174

Seminário Redemptoris Mater: 003.506.860.000.409.983.034

Seminário de Penafirme: 000.703.670.002.273.000.177

Pré-Seminário: 001.000.002.583.310.000.138

texto pelo Setor da Pastoral das Vocações
A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES