80 anos do jornal Voz da Verdade |
Mensagem do Cardeal-Patriarca de Lisboa por ocasião dos 80 anos do jornal Voz da Verdade
Meios de Comunicação e Evangelização
<<
1/
>>
Imagem

Evangelizar é comunicar. Por isso, na fidelidade à missão de evangelizar, a Igreja recorreu a todos os meios de comunicar: o testemunho de vida, a palavra proclamada, a imprensa escrita, a rádio, a televisão. Hoje vivemos num tempo de novos meios de comunicar. São de tal modo sofisticados e poderosos que se corre o risco de centrar as atenções nos meios e relativizar a mensagem. A Igreja não pode correr esse risco.

O nosso Semanário Diocesano “Voz da Verdade” celebra 80 anos de existência. É um testemunho da convicção da Igreja de Lisboa de comunicar através deste meio, embora a sua evolução tenha de ter em conta a tremenda revolução nos meios de comunicação. As diversas formas de comunicar não se excluem mutuamente nem se substituem alternadamente. Devem convergir, e isso acontecerá se a prioridade de todas for a mensagem, a paixão pela verdade, a urgência de anunciar o Evangelho.

Recordo todos aqueles que, durante 80 anos, se esforçaram por fazer da “Voz da Verdade”, a voz da Igreja, levando notícias, proclamando a verdade, fazendo comunhão. Na sua simplicidade ele continua a servir um grande projecto: evangelizar e fazer da Igreja uma comunhão de pessoas que a fé congregou e a caridade une cada vez mais.

 

† JOSÉ, Cardeal-Patriarca

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Quando Jean Lacroix fala da força e das fraquezas da família alerta-nos para a necessidade de não considerar...
ver [+]

Tony Neves
É um título para encher os olhos e provocar apetite de leitura! Mas é verdade. Depois de ver do ar parte do Congo verde, aterrei em Brazzaville.
ver [+]

Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES