Lisboa |
Missa com a Missão País
“Obrigado caríssimos missionários pelas sementes que lançastes com a Missão País”
<<
1/
>>
Imagem

Mais de dois mil jovens encheram este sábado, 9 de março, a Igreja de Santa Maria de Belém, no Mosteiro dos Jerónimos, para a Missa final de mais uma edição da Missão País, celebrada pelo Patriarca de Lisboa, D. Rui Valério, que recordou as palavras do Papa Francisco, naquela mesma igreja, durante a Jornada Mundial da Juventude: “Na barca da Igreja, todos os batizados são chamados a subir para ela e lançar as redes, empenhando-se pessoalmente no anúncio do Evangelho”.

   

‘Lança as redes e encontrarás!’ foi exatamente o lema seguido pelos cerca de quatro mil jovens universitários que, em 2024, participaram nas 69 missões espalhadas por todo o país. “É uma chamada à ação. É um convite a sairmos da nossa zona de conforto e a partirmos ao encontro do próximo partilhando aquilo que recebemos em abundância. Com Cristo a pesca é abundante! A santidade é a vida de Cristo em nós, deixarmos que a vontade de Deus se faça em nós, só assim encontramos aquilo que procuramos”, referem os organizadores.

Nos Jerónimos, o Patriarca de Lisboa agradeceu aos jovens universitários católicos. “Obrigado caríssimos missionários, pelo vosso testemunho, pelo vosso empenho e também pelas muitas sementes que lançastes em Portugal com a Missão País, contribuindo assim para uma sociedade renovada através de uma transformação interior no coração de cada um de vós”, referiu D. Rui Valério, no final de uma homilia centrada na mensagem do Evangelho de João, que narra a pesca milagrosa e que foi escolhida para orientar a edição de 2024 da Missão País.

“Uma pessoa sozinha pode correr mais depressa, mas juntos chegamos mais longe”, lembrou o Patriarca de Lisboa, salientando “a generosidade, espírito de entrega e serviço” destes jovens missionários.

 

Testemunho de fé e esperança

Maria Rocha Melo, chefe nacional da Missão País, sabe bem do que D. Rui Valério fala. Coordenou uma equipa de 40 pessoas que levou esta edição da Missão País a quase sete dezenas de localidades, envolvendo cerca de quatro mil jovens missionários. É com um espírito de missão cumprida que vai entregar a pasta à próxima equipa, que vai já no próximo mês começar a organizar a edição de 2025. O que guarda? “Ver o impacto que a Igreja pode ter nas comunidades onde estivemos. É um testemunho de fé e esperança. E uma experiência inesquecível que me fez crescer ao nível de fé e maturidade”, diz.

A Missão País é um projeto católico de universitários para universitários. Organiza e desenvolve as Missões Universitárias – semanas de apostolado e ação social – em várias faculdades de Portugal que depois envia os seus missionários para diferentes localidades de Portugal, de norte a sul.

fotos por Agência Ecclesia
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
O poema chama-se “Missa das 10” e foi publicado no volume Pelicano (1987). Pode dizer-se...
ver [+]

Tony Neves
Cerca de 3 mil Espiritanos, espalhados por 63 países, nos cinco continentes, anunciam o Evangelho....
ver [+]

Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES