Lisboa |
Solenidade de São Vicente
Novo cântico ‘Vicente venceu’ em vídeo
<<
1/
>>
Imagem
Video

O novo cântico ‘Vicente venceu’, estreado recentemente no Concerto de Ano Novo do Coro da Catedral de Lisboa, foi publicado em vídeo. Da autoria do padre Diamantino Faustino, diretor da Escola Diocesana de Música Sacra, o cântico foi composto por ocasião do Ano Vicentino que o Patriarcado de Lisboa está a viver, nos 850 anos da chegada a Lisboa das relíquias de São Vicente (1173-2023), padroeiro principal da diocese.

‘Vicente venceu’ foi apresentado publicamente, pela primeira vez, no passado dia 7 de janeiro, na Sé, durante o Concerto de Ano Novo 2024 do Coro da Catedral de Lisboa.

O Coro da Catedral de Lisboa divulgou o novo vídeo no dia 21 de janeiro, véspera da Solenidade de São Vicente. “São Vicente (22 janeiro) é o padroeiro principal do Patriarcado de Lisboa. A Diocese de Lisboa está a viver um Ano Vicentino; iniciado solenemente no passado dia 15 de setembro, terminará no dia 16 de setembro deste ano 2024. Vicente, diácono da Igreja de Saragoça, na Espanha, ofereceu a Cristo o sacrifício da sua vida, juntamente com o seu bispo Valério, tal como tinha oferecido com ele o sacrifício do altar em Valência, na Espanha, no ano 304, durante a perseguição de Diocleciano. O seu culto propagou-se por toda a Igreja”, assinala o Coro da Catedral de Lisboa, na descrição do vídeo, publicado no YouTube.

 

 

Coro da Catedral de Lisboa

O Coro da Catedral de Lisboa, pensado desde sempre pelo cónego Luís Manuel Pereira da Silva, antigo pároco da Sé falecido em 2020, iniciou a sua atividade em julho de 2011.

O objetivo do Coro da Catedral de Lisboa, que tem direção de Luís Filipe Fernandes, é a execução de composições litúrgicas, religiosas e sacras, em diversas ocasiões do ano litúrgico (Festas, Solenidades, Memórias), assim como em apresentações/concertos. A sua composição varia de acordo com as circunstâncias e/ou obras a interpretar. Para além de formação técnica, há também, periodicamente, espaços destinados à formação litúrgica e espiritual.

“Queremos cantar com júbilo! E Santo Agostinho diz-nos como devemos fazer: «Cantar com júbilo é a alegria que as palavras não podem exprimir, que se escapa ao nosso coração, para além das nossas palavras» (Comentário ao Salmo 94)”, assinala o Coro da Catedral de Lisboa.

 

Contactos | corocatedrallisboa@gmail.com e comunicação.cclx@gmail.com

Facebook | www.facebook.com/corocatedrallisboa

Instagram | www.instagram.com/corocatedrallx

YouTube | www.youtube.com/@Coro.Catedral.Lisboa

 

 
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES