Lisboa |
Antigo pároco de Alfeizerão
Faleceu o padre António Gomes Marques, de 96 anos
<<
1/
>>
Imagem

O padre António Gomes Marques, que foi pároco em Alfeizerão durante mais de duas décadas, faleceu neste Domingo, dia 14 de janeiro, aos 96 anos. O velório do sacerdote vai ter lugar a partir das 19h00 desta segunda-feira, na igreja matriz de Alfeizerão, onde o corpo ficará em câmara ardente. A Missa exequial vai ser celebrada na terça-feira, dia 16 de janeiro, em Alfeizerão, às 11h30.

Nascido a 27 de junho de 1927, na localidade de Ameixieira, no concelho de Alvaiázere, na Diocese de Coimbra, frequentou, a partir de 1942, os seminários de Santarém, de Almada e dos Olivais, tendo sido ordenado, pelo Cardeal D. Manuel Gonçalves Cerejeira, a 29 de junho de 1955. Nesse ano, foi nomeado coadjutor da paróquia do Montijo, até 1959, altura em que assume, como pároco, as paróquias de Abrigada, Cabanas de Torres e Meca, acumulando também, a partir de 1968, Alenquer. Em 1972, o padre António vai para o estrangeiro, no caso a Austrália, acompanhar emigrantes portugueses, durante uma década.

Regressado a Portugal, em 1982, é nomeado pároco de Alfeizerão, Cela e Bárrio, onde fica até 1984, para voltar ao estrangeiro, regressando no ano seguinte, para retomar a paroquialidade de Cela (até 1986) e também de Alfeizerão.

Em 1992, o padre António Gomes Marques volta a terras australianas, novamente por um ano, retomando a paróquia de Alfeizerão (até 2007) e assumindo, como administrador paroquial, a paróquia de Cela, até 1996, além de ser também nomeado vigário adjunto de Alcobaça, nos mesmos três anos. O sacerdote é depois nomeado pároco de São Martinho do Porto (1996 a 2007) e administrador paroquial de Salir do Porto, entre 2008 e 2010.

Fundador e assistente, ao longo de vários anos, do Agrupamento 909 Alfeizerão do CNE - Corpo Nacional de Escutas, foi nomeado, em julho de 2013, assistente espiritual da Santa Casa da Misericórdia de Alfeizerão.

fotos por Patriarcado de Lisboa e Agrupamento 909 Alfeizerão do CNE
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Há temáticas sobre que tem falado o Papa Francisco de forma recorrente e que são da maior relevância, mas nem sempre têm o eco que seria devido.
ver [+]

Tony Neves
O Dia Mundial da Criança comemora-se a 1 de junho, em diversos países, incluindo Portugal, Angola, Moçambique…...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES