Lisboa |
Patriarca celebrou Missa na Casa São Francisco de Assis
“Que o Senhor escancare o nosso coração, para aí albergarmos o próprio Jesus”
<<
1/
>>
Imagem

O Patriarca de Lisboa celebrou a Eucaristia vespertina do Domingo IV do Advento na Casa São Francisco de Assis – antiga Casa do Gaiato de Lisboa, em Santo Antão do Tojal. Foi no final de tarde de dia 23 de dezembro.

D. Rui Valério manifestou a sua “alegria” pela presença na instituição do Patriarcado de Lisboa, que decorreu “a poucas horas de celebrarmos o grande mistério do nascimento de Jesus”. “Para nós, o Natal é sempre uma referência, é algo de importante, não só porque é o momento em que as pessoas se sentem mais impelidas, mais convidadas a aproximarem-se umas das outras – é o dia de se receber prendas também, e isso é bom –, mas é sobretudo um dia para revisitar alguns valores que são essenciais para a nossa vida”, salientou o Patriarca, na homilia da celebração. A Missa teve a participação dos utentes da casa, de membros da direção, voluntários e amigos da instituição. “Há pouco, pedíamos ao Senhor para que a humanidade reencontrasse depressa Deus. Agora, vamos pedir ao Senhor para que nos conceda a capacidade de amar ao seu jeito e ao seu estilo. Ou seja, um amor pelo meu irmão, seja ele quem for, tenha ele a cor que tiver, traga ele consigo a história que trouxer; porque o cristão é aquele que por cada ser humano vive a disposição de oferecer a própria vida. Pedimos ao Senhor que escancare o nosso coração, para aí albergarmos o próprio Jesus e os seus sentimentos”, referiu D. Rui Valério.

No final da celebração, o assistente espiritual da Casa São Francisco de Assis – antiga Casa do Gaiato de Lisboa saudou o Patriarca de Lisboa. “Senhor Patriarca, é com muita alegria que nós o recebemos hoje na nossa casa. Aqui está aquilo que é a Casa São Francisco de Assis hoje em dia: estão cá os trabalhadores, estão cá os voluntários, estão cá os amigos que habitualmente veem aqui à Eucaristia, aos sábados às 18h30, e estão cá os que Deus mais ama nesta casa, que são os que nos fazem estar cá, para cuidarmos uns dos outros. Desde 2013 que adotámos um lema para a nossa casa: ‘Ser uma casa de família, para as famílias, pelas famílias’. É uma grande família aquela que se constitui cá em casa, todos os dias, e que procura cuidar, com uma atenção simples, aqueles que são simples, com a ternura e o olhar de Deus. Esse é o nosso Natal”, explicou o padre Arsénio Isidoro.

Como recordação pela primeira passagem de D. Rui Valério, enquanto Patriarca de Lisboa, pela Casa São Francisco de Assis – antiga Casa do Gaiato de Lisboa, a jovem Rute entregou, em nome da casa, uma obra feita pelos utentes da instituição.

Antes da bênção, o Patriarca expressou os seus votos natalícios. “Desejo a todos vós, em particular a esta grande família da Casa de São Francisco – que, como sabeis, é a joia da coroa do Patriarcado de Lisboa, porque está no coração de todas e de todos nós –, um voto forte de um santo e feliz Natal. Que realmente os nossos corações, os corações dos nossos lares e das nossas famílias seja respaldado com a presença e com a ternura do Deus Menino. Para vós e os vossos familiares, um santo Natal”, desejou D. Rui Valério.

texto e fotos por Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES