Lisboa |
Pastoral da Família
Acolher as famílias JMJ
<<
1/
>>
Imagem

O Patriarca de Lisboa desafiou a Pastoral Familiar da diocese a colocar a atenção nas famílias que participaram na Jornada Mundial da Juventude. O convite foi feito no Encontro Diocesano da Pastoral da Família, sobre ‘As famílias pós JMJ’, a 28 de outubro, no Centro Diocesano de Espiritualidade, no Turcifal, que reuniu “perto de 60 casais, 10 leigos, 5 padres, 3 diáconos e 1 freira, que representaram mais de 40 paróquias de 15 vigararias e 9 movimentos/obras”, segundo um comunicado. “D. Rui Valério, como que pegando num pincel, foi desenhando um quadro sobre as características dos jovens no contexto da sociedade atual e os desafios que se colocam às famílias. No final, resultou um quadro positivo, cheio de esperança, deixando um desafio pastoral: acolher e congregar as famílias que participaram na JMJ”, refere a nota da Pastoral Familiar de Lisboa.

A manhã, após a oração inicial, teve uma apresentação sobre a família nos discursos do Papa na JMJ: “A Mariana e o Rodrigo Mergulhão testemunharam a experiência de coordenar os casais caring. Os pais Fátima e Eduardo Dias explicaram o que foi ser casal de acolhimento de peregrinos e o seu filho Guilherme contou como ser voluntário na paróquia transformou a sua vida. O Tiago Póvoa testemunhou uma tripla experiência: ser ‘duplo’ pai enquanto foi responsável do COV (Comité Organizador Vicarial) de Mafra”.

Nos trabalhos de grupo, “os oito grupos criados debateram o que a JMJ trouxe de novo para a Pastoral da Família e o que podemos fazer”. Após a apresentação do programa diocesano da Pastoral da Família 2023/24, por Regiani e Tiago Líbano Monteiro, o padre Paulo Araújo fez a conclusão, sublinhando as palavras “procurar e arriscar”.

fotos por Pastoral da Família
A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES