Mundo |
Rezar pela paz é a proposta da Fundação AIS para dia 18 de Outubro
Nas mãos das crianças
<<
1/
>>
Imagem

O mundo está em guerra, em pedações, como tanto tem alertado o Papa Francisco. Depois da Ucrânia, em pleno coração da Europa, deflagrou agora um novo e terrível conflito na Terra Santa, entre o Hamas e Israel. Perante isto, que fazer? Talvez rezar! Esta é a proposta da Fundação AIS, a nível internacional, já para o próximo dia 18 de Outubro. Uma jornada de oração global que terá o seu centro espiritual em Fátima, na Capelinha das Aparições…

 

Quase que se pode dizer que não há tempo a perder. Há um sobressalto permanente no mundo. Sucedem-se as guerras e há cada vez mais pessoas em sofrimento. Como se não bastasse um conflito armado na Ucrânia, em pleno coração da Europa, rebentou agora uma guerra entre o Hamas, o movimento que governa a Faixa de Gaza e Israel, já com milhares de mortos e feridos e um grau de violência e destruição assustadores. Perante tudo isto, ganha ainda mais relevo a proposta da Fundação AIS para uma jornada de oração pela paz com as crianças. Trata-se de uma iniciativa internacional, que reúne todos os secretariados da fundação pontifícia, mas que tem o seu centro espiritual em Portugal, na Capelinha das Aparições, onde Nossa Senhora apareceu a três pastorinhos pedindo-lhes que rezassem pela conversão dos pecadores. À semelhança de anos anteriores, este momento de oração, “1 Milhão de Crianças Rezam o Terço Pela Paz”, vai ser presidido pelo Bispo emérito de Leiria-Fátima. É a quarta vez que D. António Marto se associa à Fundação AIS para esta iniciativa em que todo o protagonismo é dado aos mais novos.

 

O aplauso do Papa Francisco

O próprio Papa Francisco, que tanto tem alertado o mundo para o risco de uma terceira Guerra Mundial – que segundo ele está já a acontecer, embora “em pedaços” – tem-se associado à Fundação AIS na promoção desta jornada de oração. Ainda no ano passado, o Santo Padre referiu-se expressamente à Fundação Ajuda à Igreja que Sofre por querer juntar 1 milhão de crianças “numa mesma prece pelo fim de todas as guerras, mas com o pensamento voltado em primeiro lugar para o conflito na Ucrânia, em plena Europa”. “Obrigado a todos os meninos e meninas que vão participar! Unamo-nos a eles e confiemos à intercessão de Nossa Senhora o povo mártir da Ucrânia e os outros povos que sofrem com a guerra e todas as formas de violência e miséria”, afirmou ainda o Papa. Também no ano anterior, 2021, Francisco envolveu-se pessoalmente na mobilização do mundo católico para esta iniciativa da Fundação AIS, lembrando a importância de todos se unirem aos mais novos numa mesma súplica pela paz. Na ocasião, o Papa encorajou a Fundação AIS para a mobilização dos crentes nas “paróquias, escolas e famílias”.

 

O mundo mudará…

Inspirada nas palavras do Santo Padre Pio, de que “o mundo mudará” quando “um milhão de crianças rezar o Rosário”, esta iniciativa nasceu em 2005, na Venezuela, num “pequeno círculo de crianças que com o terço nas mãos rezou pela paz”. Desde então, todos os anos tem vindo a registar-se um número cada vez maior de crianças, jovens e adultos e a oração do Terço com as crianças é, actualmente, uma das actividades mais significativas e mais conhecidas do trabalho e da missão da Fundação AIS em todo o mundo. Para apoio a todos os que pretendem organizar localmente um momento de oração com as crianças, e à semelhança do que tem ocorrido em anos anteriores, no site da Fundação AIS está disponível o acesso a materiais de apoio para paróquias, escolas, grupos de crianças e famílias. Estes materiais contêm instruções sobre como rezar o Terço, pequenas meditações para crianças sobre os mistérios do Terço, um acto de consagração a Nossa Senhora para crianças e uma oração a São José. Todos estão convocados para esta jornada de fé. O objectivo é simples: ter um milhão de crianças a rezar o Terço, porque isso pode mudar o mundo… No ano passado foram contabilizadas 871.523 crianças em 80 países em todos os continentes. Está nas nossas mãos fazer aumentar ainda mais este número no próximo dia 18 de Outubro…

texto por Paulo Aido, Fundação AIS; fotos do Arquivo do Santuário de Fátima
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES