Lisboa |
Setor de Animação Vocacional
Propostas vocacionais para o ano pastoral
<<
1/
>>
Imagem

O Setor de Animação Vocacional do Patriarcado de Lisboa apresentou as propostas de acompanhamento vocacional que vão ser oferecidas ao longo deste novo ano pastoral 2023-24.

Numa carta enviada ao clero diocesano, o diretor deste setor convida à colaboração. “Deus continua a chamar pessoas concretas para viverem no seu mistério de amor e para as atrair a uma missão concreta no mundo e na Igreja. Somos interpelados a colaborar cada vez mais com esse mistério da vocação cristã e a continuar a pedir ao Senhor que faça brotar na Igreja de Lisboa corações disponíveis para o que Ele quiser”, refere o padre Bernardo Trocado.

Os Luzeiros, campos vocacionais para raparigas do 7º ao 12º ano, vão decorrer ao longo de três encontros, de 16 a 19 de dezembro, de 23 a 26 de março e finalmente de 3 a 7 de julho. Já o Pavio, um grupo de acompanhamento e formação vocacional para raparigas maiores de 18 anos, vai ter encontros mensais, cujas datas ainda não estão fechadas.

O Pré Seminário, campos vocacionais para rapazes do 6º ao 11º ano, vão ter três momentos – Natal, Páscoa e Verão – ao longo do ano e para diferentes idades: Estágio Natal (6º a 8º), 15 a 17 de dezembro; Campanário Natal (9º a 11º), 27 a 29 de dezembro; Campanário de Páscoa (9º a 11º), 24 a 26 de março; Estágio de Páscoa (6º a 8º), 5 a 7 de abril; Estágio de Verão (6º a 8º), 3 a 6 de julho; e Campanário de Verão (9º a 11º), 9 a 12 de julho. Os Companheiros de São Paulo, acompanhamento vocacional para rapazes do 12º e universitários, têm retiro de 8 a 10 de dezembro e de 22 a 24 de março, e a Semana de Verão de 10 a 17 de julho, além dos encontros mensais no Seminário de Caparide.


Informações e inscrições: https://vocacoes.patriarcado-lisboa.pt

A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES