Lisboa |
50.ª peregrinação da Família Franciscana a Fátima
Patriarca aponta à “fraternidade universal”
<<
1/
>>
Imagem

O Patriarca de Lisboa presidiu à Missa na 50.ª peregrinação da Família Franciscana a Fátima, destacando a importância da “fraternidade universal” proposta por São Francisco de Assis.

“À família franciscana, herdeira de uma espiritualidade assente na fraternidade universal, as nossas congratulações sinceras. Não só por serem, desde há muito, os profetas do cuidado para com a casa comum, mas, tal como Isaías e depois Jesus, também vós, na senda de São Francisco de Assis, nunca deixastes de ser farol”, indicou D. Rui Valério, na homilia da celebração, no dia 7 de outubro.

O Patriarca lembrou ainda a publicação, a 4 de outubro – festa de São Francisco de Assis –, da exortação apostólica ‘Laudate Deum’, do Papa Francisco, dedicada à ecologia integral, “de cariz tipicamente franciscano”. “Convido-vos, irmãs e irmãos, a vencer a cultura da mediocridade”, desafiou. “Contamos com a família franciscana para, tal como São Francisco redescobriu a pureza do evangelho e o repropôs aos homens e mulheres do seu tempo, ajudar a Igreja santa de Deus a reencontrar o caminho da autenticidade e da essencialidade da vida cristã”, acrescentou D. Rui Valério, na sua homilia.

‘Do Encanto do Presépio à Beleza da Fraternidade’ foi o tema da 50ª peregrinação da Família Franciscana Portuguesa ao Santuário de Fátima, nos dias 7 e 8 de outubro.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Quando Jean Lacroix fala da força e das fraquezas da família alerta-nos para a necessidade de não considerar...
ver [+]

Tony Neves
É um título para encher os olhos e provocar apetite de leitura! Mas é verdade. Depois de ver do ar parte do Congo verde, aterrei em Brazzaville.
ver [+]

Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES