Vocações |
Outubro, mês do Rosário
Rosário – 3 Corações em União
<<
1/
>>
Imagem

O discernimento vocacional é, na grande maioria das vezes, um caminho de encontro de vontades, da vontade própria de cada um com a vontade de Deus, com o Seu desígnio. A “súbita” conversão de S. Paulo ocorreu durante uma viagem: “Porém, aconteceu que, na viagem, ao aproximar-se de Damasco, o envolveu de repente uma luz vinda do céu. Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: «Saulo, Saulo, porque me persegues?» (At 6, 3-4). E se a palavra “Caminho” representa uma antiga designação de Igreja, utilizada nos Livros dos Atos dos Apóstolos como Caminho da salvação (At 16,17) ou Caminho do Senhor (At 18,25), também no Evangelho de S. João, Jesus se identifica com o Caminho ao dizer “«Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim»” (Jo 14, 6). A fé cristã está centrada numa Pessoa, Jesus Cristo, o Deus Crucificado-Ressuscitado, e a melhor forma de melhor O conhecermos é através de sua Mãe, Maria Santíssima.

 

O Caminho de Maria

Neste mês de outubro, mês do Rosário, relembramos as palavras do Papa S. João Paulo II, profundamente mariano, na sua Carta Apostólica ROSARIUM VIRGINIS MARIAE, de 16 de outubro de 2002:

“Cristo é o Mestre por excelência, o revelador e a revelação. Não se trata somente de aprender as coisas que Ele ensinou, mas de “aprender a Ele”. Porém, nisto, qual mestra mais experimentada do que Maria? Se do lado de Deus é o Espírito, o Mestre interior, que nos conduz à verdade plena de Cristo (cf. Jo 14, 26; 15, 26;16, 13), de entre os seres humanos, ninguém melhor do que Ela conhece Cristo, ninguém como a Mãe pode introduzir-nos no profundo conhecimento do seu mistério. (…) O Rosário coloca-se ao serviço deste ideal, oferecendo o “segredo” para se abrir mais facilmente a um conhecimento profundo e empenhado de Cristo. Digamos que é o caminho de Maria. É o caminho do exemplo da Virgem de Nazaré, mulher de fé, de silêncio e de escuta. É, ao mesmo tempo, o caminho de uma devoção mariana animada pela certeza da relação indivisível que liga Cristo à sua Mãe Santíssima: os mistérios de Cristo são também, de certo modo, os mistérios da Mãe, mesmo quando não está directamente envolvida, pelo facto de Ela viver d'Ele e para Ele.”

 

3 Corações: de Jesus, de Maria e o meu

Em Fátima, durante a JMJ de Lisboa, o Papa Francisco juntou 3 corações: “Amigos, Jesus ama-nos ao ponto de se identificar connosco e de nos pedir que colaboremos com ele. E Maria indica-nos o que Jesus nos pede. Caminhar na vida, colaborando com Ele.  Hoje gostaria que olhássemos para a imagem de Maria e que cada um de nós pensasse no que Maria me está a dizer como Mãe: estará a apontar o dedo para mim? Jesus aponta para nós, por vezes também aponta para algo que não está a funcionar bem no nosso coração. Mas Ele aponta sempre. Mãe, está a apontar para mim? Façamos um pequeno momento de silêncio e cada um de nós, no seu coração, diga: Mãe, o que é que estás a apontar para mim?”

S. Joao Eudes proclamou: “Amemos a Jesus com o Coração de Maria. E a Maria com o Coração de Jesus. E não tenhamos senão um só coração e um só amor com Jesus e Maria.” Neste mês de outubro, através do Rosário, unamos o nosso coração aos Corações de Jesus e Maria.

 

_______________


No início do Ano Pastoral 2023-24, relembramos as datas mais marcantes para a Pastoral Vocacional:

·         Outubro: Mês das Missões

·         5 a 12 de novembro: Semana de Oração pelos Seminários

·         26 de janeiro a 2 de fevereiro: Semana de Oração pelo Consagrado

·         14 a 21 de abril: Semana de Oração pelas Vocações 

 

_______________


Não faltarão pastores!

Hoje, fui interpelado por esta passagem de Santo Agostinho, no ofício de leitura, num dos seus sermões sobre os pastores: “Haverá pastores que não procurem os seus interesses mas os de Jesus Cristo? Há certamente. Eles encontram-se e não faltam nem faltarão.” É, aliás, o próprio Senhor que no-lo garante, pela voz do profeta Jeremias: “Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos conduzirão com inteligência e sabedoria.” (Jer 3, 15)

Temos assim a certeza, firmada na fé, de que hoje nos são dados pastores segundo o coração de Deus, que nos conduzem segundo os interesses do Senhor. E que alegria podermos testemunhar isso nas nossas paróquias e outras realidades eclesiais!

Ao mesmo tempo, sabendo que o sacerdócio ministerial é um dos elementos essenciais da Igreja, ouvimos o Senhor garantir-nos que não nos faltarão os pastores no futuro. Pede para isso a colaboração de todos, para que aqueles que o Senhor quer chamar possam escutar a Sua voz! O Senhor chama por meio da Igreja para o serviço da Igreja.

Os nossos seminários precisam do cuidado de todos, quer para sustentar quem já lá caminha, quer para que outros escutem a voz do Senhor e neles ingressem no futuro.

O Pré-Seminário é a estrutura da diocese que se dispõe a acompanhar rapazes com o horizonte da vocação sacerdotal, organizando encontros para rapazes do 7º ano até ao 11º ano, no Seminário de Penafirme, e para rapazes do 12º ano e universitários, ou já trabalhadores, no Seminário de Caparide.

Para além destes encontros, o Pré-Seminário também vai marcando presença nas paróquias, organizando actividades vocacionais.

Rezemos e cuidemos das vocações sacerdotais!

Não nos inibamos de desafiar rapazes a pensar na vocação sacerdotal! Será também através de nós que o Senhor cumprirá a Sua promessa de não deixar faltar à Sua Igreja os pastores de ela precisa!

 

Padre Rui de Jesus (director do Pré-Seminário)

 

Próximas datas:

- 15 de Outubro – Encontro vocacional para 12º e universitários no Seminário de Caparide.

Contactos: preseminariodelisboa@gmail.com

textos pelo Setor das Vocações do Patriarcado
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Quando Jean Lacroix fala da força e das fraquezas da família alerta-nos para a necessidade de não considerar...
ver [+]

Tony Neves
É um título para encher os olhos e provocar apetite de leitura! Mas é verdade. Depois de ver do ar parte do Congo verde, aterrei em Brazzaville.
ver [+]

Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES