Lisboa |
Iniciativas nos dias 15 e 16 de setembro
Lisboa assinala os 850 anos da chegada das relíquias de São Vicente
<<
1/
>>
Imagem

Para assinalar os 850 anos (1173-2023) da chegada a Lisboa das relíquias do diácono e mártir São Vicente, padroeiro principal do Patriarcado, foram programadas diversas iniciativas comemorativas para os dias 15 e 16 de setembro.

No primeiro dia, a sessão solene vai decorrer no salão nobre dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Lisboa, às 18h00, uma conferência proferida pelo cardeal D. José Tolentino de Mendonça, prefeito do Dicastério para a Cultura e a Educação, com o título ‘São Vicente, uma herança para a Lisboa do futuro’. Este evento é organizado pelo Cabido da Sé e pela Câmara Municipal de Lisboa, e a participação é sujeita a convite.

No dia seguinte, sábado, 16 de setembro, o novo Patriarca de Lisboa, D. Rui Valério, preside ao Pontifical na Sé Patriarcal, às 11h00. Da parte da tarde, a partir das 15h00, haverá uma visita temática ao Mosteiro de São Vicente de Fora (sujeita a marcação prévia, através dos contactos: 218810559 ou museu@patriarcado-lisboa.pt) e, às 16h30, no claustro do Mosteiro de São Vicente de Fora, vai ter lugar a mesa-redonda ‘Um santo entre tempos: mesa-redonda sobre a atualidade de São Vicente’. Esta iniciativa, de entrada livre, conta uma conversa entre investigadores de distintas áreas do saber sobre a permanência da figura e do culto de São Vicente na atualidade.

Às 19h00 decorre o concerto de órgão e coro ‘São Vicente: de Saragoça a Lisboa’, na igreja do Mosteiro de São Vicente de Fora, onde vão ser interpretadas obras de Sebastian Aguilera de Heredia (1561-1627), Carlos Seixas (1704-1742) e António Teixeira (1707-1774). O concerto vai ter João Vaz ao órgão, com a Capella de S. Vicente, Sérgio Silva no órgão positivo, Marta Vicente, violone e contrabaixo, e direção de Pedro Rodrigues. Em data a fixar, haverá ainda a apresentação do livro juvenil ‘São Vicente em Lisboa’, com texto de Maria Teresa Maia Gonzalez e ilustração de Abigail Ascenso.

Recorde-se que, neste ano de 2023, ocorre o 850.º aniversário da chegada das relíquias de São Vicente à Sé de Lisboa. Chegaram no dia 15 de setembro de 1173 e ficaram depositadas na Igreja de Santa Justa. No dia seguinte, foram transladadas para a capela-mor da Sé.

 

____________


Ano jubilar vicentino

Por ocasião dos 850 anos (1173-2023) da chegada a Lisboa das relíquias do diácono e mártir São Vicente, o Patriarcado de Lisboa vai viver um ano jubilar vicentino, com início no próximo dia 15 de setembro, sexta-feira. “O Senhor Patriarca declarou um ano jubilar vicentino de 15 de setembro de 2023 a 16 de setembro de 2024, e o Santo Padre concedeu indulgência plenária durante esse ano, nas condições determinadas pela Igreja”, refere uma nota da Vigararia Geral do Patriarcado de Lisboa.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES