Domingo |
À procura da Palavra
Aprendizes da paciência
<<
1/
>>
Imagem

DOMINGO XVI DO TEMPO COMUM Ano A
“Não suceda que, ao arrancardes o joio,
arranqueis também o trigo.”
Mt 13, 29

 

Fizeste-nos aprendizes da paciência, Senhor,

            mas demoramos a cultivá-la!

Por tudo e por nada nos “salta a tampa”

            e dizemos o que não queríamos.

Esquecemos a lentidão do que é importante

            e queremos funcionar mais rápido que as redes digitais.

Desligámo-nos da terra e do compasso das estações,

            esquecemos a alegria de ver crescer as plantas

            e nem esperamos pelo arco-íris que vem depois das chuvas.

Instituímos a pressa como sinónimo de vida,

            e queremos tanto a felicidade toda e agora,

            nem que seja uma felicidade oca num embrulho bonito!

A outra, a verdadeira, que enche o coração de um azul imenso,

            parece-nos impossível porque tarda em chegar!

É assim que sacrificamos nos altares da fama e do dinheiro

            os que dizemos amar, com quem passamos menos tempo,

            somos mais amigos de écrans e “tik toks”

            do que de presença e escuta generosa.

Apressamo-nos a julgar o todo pela parte,

            colando rótulos e processando invejas,

            querendo colher antes de estar maduro

            e valorizando mais o joio do que o trigo,

Abriste-nos horizontes imenso de vida,

            mas preferimos ainda o que é fácil, o que se pode comprar, o que brilha!

Dá-nos paciência, Senhor,

            de descobrir o trigo que cresce em cada pessoa,

            de andar de braço dado com a esperança

            de agradecer mais do que exigir.

É preciso aprender a paciência que não cruza os braços,

nem aprisiona o coração!

P. Vítor Gonçalves
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
O poema chama-se “Missa das 10” e foi publicado no volume Pelicano (1987). Pode dizer-se...
ver [+]

Tony Neves
Cerca de 3 mil Espiritanos, espalhados por 63 países, nos cinco continentes, anunciam o Evangelho....
ver [+]

Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES