JMJ Lisboa 2023 |
Símbolos da JMJ
O início da despedida de Santarém
<<
1/
>>
Imagem

Os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) continuam a sua Peregrinação, cada vez mais perto de Lisboa. Durante a última semana, a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani começaram a despedir-se da Diocese de Santarém.

Na segunda-feira, dia 19 de junho, os Símbolos da JMJ estiveram na Vigararia de Almeirim, nomeadamente em várias das suas paróquias. O dia começou em Fazendas de Almeirim, onde os Símbolos percorreram as ruas e visitaram alguns locais como escolas e instituições. Os Símbolos da JMJ passaram também pela Igreja da Parreira, de Chouto e de Vale de Cavalos, seguindo até Alpiarça, onde houve tempo para visitar escolas e instituições. O dia findou com os jovens a carregarem os Símbolos na sua Oração Vicarial.

No dia seguinte, a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani despediram-se de Alpiarça, em cortejo, sendo recebidos em oração com a comunidade na Igreja Paroquial de Almeirim. Durante este dia, os Símbolos passaram por vários locais de Benfica do Ribatejo e Almeirim, aproximando-se dos jovens e das populações. Ao fim do dia os Símbolos peregrinaram até ao recinto das Festas de Almeirim, participando no momento festivo "Rumo à JMJ Lisboa 2023".

Na quarta-feira, dia 21 de junho, foi a vez das Paróquias de Muge, Granho, Glória do Ribatejo, Marinhais e Salvaterra de Magos acolherem os Símbolos da JMJ, participando em momentos de convívio e de oração em comunidade. Ao fim do dia realizou-se uma procissão desde a Igreja Paroquial até ao local do arraial vicarial, junto à Praça de Toiros.

O dia 22 de junho, quinta-feira, foi repleto de visitas a centros de dia, de momentos de oração, uma procissão e ainda uma Eucaristia nas Paróquias de Vale de Figueira, Alcanhões, São Vicente, Casével, Vaqueiros e Pernes. Ao final do dia, a Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani estiveram presentes numa vigília de oração presidida pelo Bispo de Santarém, D. José Traquina, na Paróquia de Pernes.

O dia seguinte, sexta-feira, começou no mercado municipal de Pernes, seguindo-se de um momento de oração numa escola em Arneiro das Milhariças. Houve visitas a mais escolas e paróquias e ainda um momento com a comunidade junto ao mosteiro de Almoster. Para findar o dia, concretizou-se uma peregrinação em honra de Nossa Senhora da Expectação, no Vale de Santarém, que culminou numa vigília com adoração à cruz.

Sábado foi um dia de peregrinação que iniciou no Vale de Santarém, indo de encontro às populações e entidades institucionais. Durante a tarde, na paróquia do Cartaxo, deu-se uma procissão em honra de S. João Baptista, presidida pelo Bispo da Diocese de Santarém, seguida de uma Eucaristia. No final houve um momento de oração ao estilo Taizé, na Paróquia de Pontével.

Já no domingo, dia 25 de junho, o dia começou com o acolhimento dos Símbolos no Vale de Pedra, seguido de uma Eucaristia nesta mesma Paróquia. Após este acontecimento, os Símbolos integraram uma oração na Fluviana, junto ao rio, e depois partiram para Santarém onde foram acolhidos nas Portas do Sol após uma procissão pela cidade. Ao fim da tarde, após um momento cultural, foi celebrada a Eucaristia por D. Américo Aguiar e D. José Traquina no Largo do Seminário. O dia terminou com uma vigília de oração organizada pelos Convívios Fraternos na Igreja de São Nicolau.

A 26 de junho, os Símbolos da JMJ foram ao encontro da população mais idosa e mais jovem, tendo visitado ainda diversas Paróquias da região.

Os Símbolos da JMJ vão permanecer na Diocese de Santarém até ao próximo dia 30 de junho, onde serão entregues à Diocese de Lisboa, a última a receber os Símbolos da JMJ antes do grande encontro dos jovens com o Papa.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES