Lisboa |
Os 30 anos da Igreja de São Maximiliano Kolbe
Reunidos “em nome do Senhor”
<<
1/
>>
Imagem

O Cardeal-Patriarca de Lisboa presidiu, no dia 19 de junho, à Eucaristia dos 30 anos da dedicação da Igreja de São Maximiliano Kolbe, no Vale de Chelas.

“D. Manuel Clemente, na sua homilia, centrou a atenção da assembleia para a palavra ‘igreja’, cujo significado tem mais que ver com a convocação das pessoas que se reúnem em nome do Senhor, do que com o lugar onde se dá o encontro. Este lugar pode ser grande ou pequeno, bonito ou feio, antigo ou moderno, fechado ou aberto, desde que, efetivamente, as pessoas se reúnam para celebrar o dia do Senhor”, refere uma nota da paróquia. Após a celebração, a comunidade reuniu-se num convívio nos anexos da igreja.

Tudo começou no final do ano 1982 com o decreto do então Cardeal-Patriarca, D. António Ribeiro. “Encontrando a disponibilidade dos Frades Menores Conventuais (Província de Pádua, Itália) começou a aventura, a partir duma capela, no Bairro do Condado, até à inauguração da igreja, em 19 de junho de 1993”, explica a informação.

Recorde-se que, atualmente, são quatro os franciscanos que orientam a paróquia de São Maximiliano Kolbe, em unidade pastoral, desde outubro de 2010, com Santa Beatriz da Silva.

A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES