Lisboa |
Padre Mário Rui Leal Pedras
“Caminho de cruz percorrido em silêncio”
<<
1/
>>
Imagem

O padre Mário Rui Leal Pedras, que estava afastado preventivamente, desde março, pelo Cardeal-Patriarca, devido a uma “denúncia falsa, difamatória e anónima”, revelou que, “no dia 12 de junho, o instrutor da investigação, deu por finda a averiguação prévia e dada a inverosimilhança da denúncia, propôs ao Bispo que fosse levantado o ‘afastamento preventivo’. Medida justa que ontem, dia 14 de junho, foi aplicada pelo Patriarca de Lisboa”, anunciou o sacerdote, numa mensagem aos paroquianos de São Nicolau e Santa Maria Madalena. “Foi um caminho de cruz percorrido em silêncio, em sofrimento e em paz interior porque entregue, pela oração, no coração de Deus e suportado na Sua graça”, acrescenta.

foto por Paróquia de São Nicolau
A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES