Lisboa |
Dia 19 de maio, em Óbidos
Patriarcado vai promover Congresso da Pastoral Sócio-Caritativa
<<
1/
>>
Imagem

O Departamento da Pastoral Sócio-Caritativa do Patriarcado de Lisboa e a Federação Solicitude vão organizar o Congresso da Pastoral Sócio-Caritativa 2023, no dia 19 de maio, em Óbidos.

No Auditório Municipal Casa da Música de Óbidos, a partir das 9h00, o encontro vai contar com a participação, entre outros, do padre João Chagas, do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, do Vaticano, que vai falar sobre ‘A família, os jovens e a Pastoral Social’, do economista e professor universitário João César das Neves, que vai abordar ‘A Importância das Instituições Sociais na Economia Portuguesa’, e do presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, Pedro Vaz Patto, para refletir sobre ‘Salário Justo’. Também a coordenadora da Estratégia Nacional de Combate à Pobreza, Sandra Araújo, vai estar presente Congresso da Pastoral Sócio-Caritativa 2023, para se pronunciar sobre ‘As Instituições Sociais e a Estratégia Nacional de combate à pobreza’. A Eucaristia, às 12h00, na Igreja da Misericórdia, vai ser presidida pelo Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente, que fará também uma comunicação no final do congresso.

 “O Congresso contará com um programa bastante interessante e com temas que preocupam as nossas Instituições. Será um momento de reflexão e partilha, bem como uma ocasião para fazermos encontro”, refere uma carta do diretor do Departamento da Pastoral Sócio-Caritativa, Manuel Girão, enviada recentemente ao clero, às paróquias e às instituições.

As inscrições são limitadas e estão abertas até ao próximo dia 15 de maio.

Informações: www.patriarcado-lisboa.pt

A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES