Lisboa |
Presidente devolve eutanásia ao Parlamento
“Não há Lei boa, para um ato mau”
<<
1/
>>
Imagem

A Federação Portuguesa pela Vida (FPV) congratulou-se com o veto do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, à Proposta de Lei da Eutanásia.

“Esta Proposta de Lei, depois de reprovada em 2018 pela Assembleia da República, já foi chumbada quatro vezes – duas no Tribunal Constitucional e outras duas pelo Presidente da República. Donde se conclui que se trata de uma Lei politicamente fragilizada, sem densidade Jurídica e Constitucional e, por isso, sem condições para prosseguir”, considera a FPV, em comunicado, sublinhando que “esta maioria Parlamentar já demonstrou a sua incapacidade para fazer a Lei da Eutanásia”. “Aliás, o Veto Presidencial alerta, justamente, para algumas das falhas de que a Lei é portadora. Não há Lei boa, para um ato mau”, reforça a nota, publicada no passado dia 19 de abril.

A Federação Portuguesa pela Vida diz esperar agora, “dos senhores Deputados”, “ponderação, realismo, saber e escuta, requisitos que até ao momento não foram demonstrados”. “O País precisa de cuidados de Saúde e de Assistência, não precisa desta Lei de Morte”, termina o comunicado, que é assinado por dois membros da Direção da FPV, Isilda Pegado (Presidente) e António Maria Pinheiro Torres (Vice-Presidente).

A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES