Catequese |
Dia de Retiro Say yes reuniu adolescentes por toda a Diocese
Desafiados a dizer SIM
<<
1/
>>
Imagem

Nesta penúltima etapa do projeto de Catequese com Adolescentes Say yes, relativa à JMJ Panamá 2019, com o tema “Eis a Serva do Senhor: faça-se em mim segundo a vossa palavra” (Lc 1,38), os adolescentes de toda a diocese tiveram a oportunidade de viver a experiência de um retiro com temática vocacional, «Aprender a dizer sim». Fazendo um itinerário pessoal, cada adolescente teve a possibilidade de se interrogar sobre o propósito da sua vida, no horizonte da relação com Deus.

 

Tomou-se como símbolo uma tela branca, que acompanhou os adolescentes ao longo do dia, ajudando-os a experimentar como Deus é o primeiro a dizer sim à sua história com um amor incondicional. Cada adolescente foi ainda desafiado a colocar-se diante de Deus, questionando-se sobre a sua disponibilidade para dizer sim.

Num segundo tempo, escutaram testemunhos de pessoas, com diversas vocações na igreja, que as abraçaram como um Sim ao chamamento de Deus: 15 casais, 9 Padres, 6 Seminaristas (Seminário dos Olivais), 12 Religiosas e 6 Noviças (de 11 Congregações femininas), 2 Religiosos e 2 Seminaristas (de 4 Congregações masculinas) e ainda 3 leigos consagrados. Cada encontro terminou com a celebração da Eucaristia.

Os Encontros foram organizados e dinamizados por equipas vicariais de catequistas, constituídas, na maioria dos casos, para este efeito. O Sector da catequese realizou 4 encontros de formação para estas equipas, e acompanhou a maior parte dos dias de retiro.

Realizaram-se 15 Retiros vicariais entre janeiro e abril. Participaram 1883 Adolescentes, 386 Catequistas de 102 Paróquias.

Na perspetiva dos adolescentes, o retiro, passado com estas pessoas maravilhosas, claramente é algo inesquecível. Tudo para seguirmos a palavra de Deus e Maria. Eu digo "Yes" a este retiro. Obrigada por tudo.

O dia do retiro gerou bastantes sentimentos e emoções, devido aos assuntos abordados e atividades propostas, mostrando as várias maneiras em que podemos dizer o nosso “sim”. Foi sem dúvida um dia inesquecível e que pelo menos eu gostaria de o repetir.

Levo do retiro a mensagem de que a minha vida é um caminho e que falta ainda muito para eu o completar, mas se disser “sim” a Deus será tudo menos complicado.

Os catequistas fizeram uma boa experiência de trabalho em equipa. Consideram que a realização de atividades deste tipo é benéfica para os catequizandos pela interação e identificação que proporcionam, pela partilha e convívio que promovem. É uma experiência que faz sentido ter continuidade.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Quando Jean Lacroix fala da força e das fraquezas da família alerta-nos para a necessidade de não considerar...
ver [+]

Tony Neves
É um título para encher os olhos e provocar apetite de leitura! Mas é verdade. Depois de ver do ar parte do Congo verde, aterrei em Brazzaville.
ver [+]

Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES