JMJ Lisboa 2023 |
Vigília JMJ
Dioceses rezaram pela JMJ Lisboa 2023
<<
1/
>>
Imagem

O Comité Organizador Local (COL) para a JMJ lançou o desafio a todas as dioceses portuguesas para realizarem uma Vigília JMJ no dia 25 de março.

No Mosteiro dos Jerónimos juntaram-se as Dioceses de acolhimento: Lisboa, Setúbal e Santarém. Para os Comités Organizadores Diocesanos (COD), esta foi uma oportunidade para “preparar o coração” para a JMJ Lisboa 2023.

A Vigília JMJ contou com a presença de centenas de jovens, tendo a celebração começado com a recitação do terço, seguido de adoração ao Santíssimo, presidida por D. Joaquim Mendes, Bispo auxiliar de Lisboa.

As Dioceses de Vila Real, Braga e Porto juntaram-se no Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, numa celebração presidida por D. José Cordeiro, Arcebispo de Braga, e D. Américo Aguiar, Presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023.

Já as Dioceses de Évora, Beja e Algarve também se juntaram para esta iniciativa. Foram mais de 400 os jovens que marcaram presença, juntamente com alguns sacerdotes e o Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, e os bispos de Beja e do Algarve, D. João Marcos e D. Manuel Quintas. Este foi “um momento importante de preparação para a JMJ”, tendo existido um “espírito de festa, comunhão, oração, silêncio e muita alegria”, revelaram os COD.

Na Diocese da Guarda, a Vigília JMJ realizou-se em vários locais: na Sé da Guarda, na Igreja de Paços da Serra e na Igreja Colmeal da Torre.

No Funchal, foram mais de 150 os jovens que se juntaram à Vigília JMJ. Durante a celebração meditaram sobre os “Sim” de Maria, revelou o COD do Funchal.

A Diocese de Leiria-Fátima começou a noite pela oração do Terço e Procissão de Velas e terminou com a Vigília JMJ na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Em Lamego, a Vigília JMJ começou também com uma procissão de velas, seguida da vigília orientada pelo guião proposto a nível nacional.

Em Portalegre-Castelo Branco, foram mais de 200 os participantes na Vigília JMJ, “pessoas de todas as idades e de quase toda a Diocese”, contou o COD. A celebração foi presidida por D. Antonino Dias, Bispo da Diocese.

Fotos por: Duarte Mourão Nunes, José Ferreira, COD Funchal e COD Algarve
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Há temáticas sobre que tem falado o Papa Francisco de forma recorrente e que são da maior relevância, mas nem sempre têm o eco que seria devido.
ver [+]

Tony Neves
O Dia Mundial da Criança comemora-se a 1 de junho, em diversos países, incluindo Portugal, Angola, Moçambique…...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES