JMJ Lisboa 2023 |
Protocolo
Fundação JMJ e AHRESP juntas para alimentar os peregrinos
<<
1/
>>
Imagem

A Fundação JMJ Lisboa 2023 assinou um protocolo de cooperação com a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) para a criação de uma rede de restaurantes, snack-bares e similares que permita garantir a alimentação de todos os participantes na JMJ Lisboa 2023.

A cooperação entre a organização que representa a maioria dos estabelecimentos alimentares e a organização da Jornada permitirá “dar resposta a todos os peregrinos que viajem até Lisboa”. “A nossa responsabilidade direta serão os peregrinos inscritos, que terão de ser alimentados, mas temos também uma responsabilidade indireta sobre todas as pessoas que, mesmo não se inscrevendo, desejem vir até Lisboa para participar na Jornada”, afirmou D. Américo Aguiar, presidente do Comité Organizador Local.

A AHRESP esteve representada ao mais alto nível pelo seu presidente, Carlos Moura, que falou do “enorme desafio” que é criar esta rede e do compromisso da associação em encontrar os parceiros suficientes para “dar resposta” aos peregrinos que hão-de vir, e D. Américo Aguiar reforçou a grande ajuda que irá dar a um setor “muito afetado pela pandemia”.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES