Lisboa |
Reunião Geral dos Professores de EMRC da Diocese de Lisboa
Docentes bons ‘influencers’
<<
1/
>>
Imagem

A sede da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 recebeu, na manhã de dia 15 de outubro, a Reunião Geral de Professores (RGP) de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC).

No encontro, organizado pelo Secretariado Diocesano do Ensino Religiosa (SDER) de Lisboa, estiveram presentes cerca de 150 professores, que refletiram sobre o Programa de Ação 2022/2023 ‘Levanta-te! Vem Connosco!’ e a JMJ Lisboa 2023. A reunião iniciou-se com a oração da manhã, e após a comunicação da professora Fátima Nunes, diretora, e do professor João Barros, colaborador, D. Américo Aguiar, Bispo Auxiliar de Lisboa, enfatizou a organização da JMJ como o maior encontro de jovens do mundo, e que em Portugal será o maior encontro dos últimos 20 anos. Será um convite a toda uma geração determinada a construir um mundo mais justo e solidário. Aos professores de EMRC pediu para serem bons ‘influencers’.

O padre João Paulo Vaz (autor do Hino da JMJ) falou da composição da letra, da importância do Hino e, no final, presenteou os docentes com a interpretação do mesmo, num momento alegre, orante e bem vivido. João Clemente, responsável do COD Lisboa, falou dos Comités Organizadores e dos aspetos práticos da JMJ. Salientou a importância de cinco verbos: Rezar; Promover; Acolher; Colaborar; Participar.

O encontro terminou com a celebração Eucarística, seguida de um almoço partilhado, após o qual os professores tiveram oportunidade de visitar a sede da JMJ e conhecer alguns membros voluntários que compõem a COD Lisboa.

texto por Nuno de Sousa, prof. de EMRC

 

___________


“As primeiras palavras que dirigi aos professores foram de apreço e gratidão, pelo trabalho desenvolvido nas respetivas comunidades escolares. Foi desejo do SDER que o foco da reunião fosse a JMJ 2023, razão pela qual se realizou na própria Sede. Fico feliz por ter sentido que todo o ambiente que se respirou foi de entusiasmo, acolhimento e sentido de responsabilidade. Foi, sem dúvida, um grande momento de Encontro, onde reinou a Alegria, o Diálogo e a Partilha. Foi com muita alegria que senti um refrescar de ‘ânimo juvenil’.”

Fátima Nunes,

Diretora do SDER de Lisboa

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES