JMJ Lisboa 2023 |
A conhecer
COD de Vila Real
<<
1/
>>
Imagem

A dificuldade de mobilização dos jovens, motivado pela dispersão geográfica e a desertificação populacional desta zona do país, é um dos desafios do COD de Vila Real. A preparação da JMJ, mais visível com o ‘Dia 23’, veio ajudar os jovens a “conhecerem-se melhor” e a criar um “dinamismo de comunhão inter-paroquial e inter-arciprestal”. Segundo explica o coordenador deste COD, padre João Curralejo, “a aposta foi, com os COAs (Comités Organizadores Arciprestais), criar equipas de trabalho que, no pós-JMJ, possam ficar como equipas de pastoral juvenil local”.

Da equipa central do COD de Vila Real fazem parte 12 elementos, dividindo-se por áreas que passam pelo Acolhimento e a Comunicação e que tratam dos assuntos relacionados com os Dias nas Dioceses, logística, voluntários, redes sociais ou comunicação interna. A esta equipa juntam-se também dois ou três representantes de cada um dos oito arciprestados para um “COD mais alargado”, com encontros mais espaçados.

O coordenador do COD de Vila Real traça como objetivo deste trabalho até à Jornada o “dar a conhecer aos jovens o que é a JMJ”, porque “há muitos jovens que ainda desconhecem este acontecimento”. Até lá, o mês de setembro reveste-se de “esperança” nessa missão porque, com a peregrinação dos símbolos da JMJ nesta diocese, “será o momento para mostrar, a todas as realidades”, que “a JMJ é para todos, mesmo para os nossos idosos, que podem rezar pelos mais jovens”, deseja o padre João Curralejo.

A OPINIÃO DE
P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES