JMJ Lisboa 2023 |
A conhecer
COD das Forças Armadas e das Forças de Segurança
<<
1/
>>
Imagem

O Bispo das Forças Armadas e das Forças de Segurança, D. Rui Valério, garante a “entrega total e absoluta” dos militares à “causa da JMJ Lisboa 2023”. “Tudo estão a dar para esse momento que se entende como um grande momento patriótico”, sublinha, salientando também a “vontade” de os militares participarem, “usufruindo do que a Jornada traz”, mas também “do que a organização da Jornada pede”, sobretudo no que diz respeito à segurança e ao apoio logístico.

O COD desta diocese já se encontra a trabalhar e a preparar várias iniciativas, das quais se destaca a receção dos símbolos da JMJ, prevista para dezembro, e que vai contar com uma viagem até à República Centro-Africana, por exemplo, onde estão militares portugueses em missão, havendo ainda o desejo de ir a outros lugares.

A equipa que constitui o COD das Forças Armadas e das Forças de Segurança é composta por 12 pessoas, entre capelães e leigos, e procura orientar o seu trabalho em “dois níveis”: um mais formal, ligado à logística; e outro que diz respeito ao conteúdo, que é também o nível “privilegiado”. Dentro destes níveis, existem “três áreas de intervenção”. Uma, que “tem em vista os aspetos de logística e está relacionada com a criação e divulgação de outdoors e outro material de apoio”; a outra área está relacionada com tudo o que diz respeito à “disponibilidade que foi solicitada às Forças Armadas e de Segurança para albergarem peregrinos na JMJ”; depois, existe também a “área dos conteúdos”, responsável pela criação de um itinerário de preparação e será “um dos frutos principais” desta mobilização. “A JMJ é, para nós, uma ocasião de repensar uma abordagem pastoral para o jovem do século XXI”, garante D. Rui Valério.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES