Lisboa |
Missão Vicarial, em Caneças
“Fazer chegar o Evangelho a todos”
<<
1/
>>
Imagem

O Bispo Auxiliar de Lisboa D. Joaquim Mendes participou na Missão Vicarial em Caneças, desafiando esta paróquia a prosseguir a evangelização. “Que esta bela experiência de missão vicarial que realizastes permaneça como impulso e estímulo para fazer chegar a todos «a alegria do Evangelho» que «enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus» (Eg 1), que enche a nossa vida, e que o Senhor quer que, com o nosso humilde contributo e que com a força do Espírito Santo, que Ele nos concede, chegue a todos, porque Ele ama a todos e a todos quer fazer chegar o Evangelho da salvação”, apontou o prelado, na homilia da Missa, no Jardim da Anta no Casal Novo, a 28 de maio.

Desde 2007, que a Vigararia de Loures-Odivelas promove a Missão Vicarial, como fruto do Congresso Internacional para a Nova Evangelização (ICNE), que o Patriarcado recebeu em novembro de 2005. Numa das 14 paróquias, ao longo de uma semana, são dinamizadas várias atividades, envolvendo as diferentes forças vivas da sociedade. Este ano, entre 26 e 29 de maio, a Paróquia de São Pedro de Caneças organizou a Missão Vicarial, com o tema ‘Vem beber desta fonte’. No primeiro dia, lembrando o tradicional dia da espiga, houve a visita às crianças da escola e, à noite, um concerto na Sociedade Musical e Desportiva de Caneças. Na sexta-feira, dia 27, foi organizada a ‘Noite Jovem’, nos Bombeiros, inspirada pela JMJ Lisboa 2023, e no dia seguinte houve a Caminhada pelas Fontes de Caneças, com a ajuda da Associação dos Amigos de Caneças, a atividade das crianças e adolescentes da catequese, com a celebração da Missa, presidida pelo Bispo Auxiliar de Lisboa. À noite, houve a Procissão das Velas, pelas ruas de Caneças. A Missão Vicarial terminou no Domingo, 29 de maio, com a visita pascal.

fotos por paróquia de Caneças
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Vivemos um tempo de grande angústia e incerteza. As guerras multiplicam-se e os sinais de intolerância são cada vez mais evidentes.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Jamais esquecerei a forte emoção que experimentei há alguns dias. Celebrávamos a missa exequial de...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O último estertor da dissoluta Assembleia da República atenta gravemente contra a liberdade, a religião,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Somos alertados pelo Papa Francisco na Mensagem do dia da Paz de 2024 para o facto de as máquinas inteligentes...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES