JMJ Lisboa 2023 |
Memória agradecida
Dioceses vão receber réplica da cruz da JMJ
<<
1/
>>
Imagem

Cada cruz da JMJ “fará e será memória agradecida da peregrinação dos Símbolos da JMJ pelas nossas dioceses”, garantiu o presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, D. Américo Aguiar. No último sábado, em Viseu, com a entrega da primeira réplica, o responsável desejou que este gesto seja lembrança de que “a Missão não termina no último dia da peregrinação dos Símbolos da JMJ pela diocese, mas que seja sempre um começo… um levantar e pôr-se a caminho… aqui estamos, juntos, a caminho”.

Brevemente, as restantes cinco dioceses por onde já peregrinaram os símbolos da JMJ (Algarve, Beja, Évora, Portalegre-Castelo Branco e Guarda) vão também receber uma réplica da cruz e, “no final, teremos 21 cruzes em todo o país, para uma peregrinação que quer permanecer e não apenas passar”, reforçou D. Américo Aguiar.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES