JMJ Lisboa 2023 |
Coimbra
‘Rota dos Patronos’ é estimulo para os jovens
<<
1/
>>
Imagem

O COD de Coimbra da JMJ apresentou, no início de abril, a ‘Rota dos Patronos’ como “estímulo para os jovens que se preparam para o grande encontro com o Papa em 2023”, anunciou a organização. Através desta iniciativa, que vai durar até 31 de maio de 2023, os jovens conimbricenses vão poder conhecer melhor “quatro figuras” que “representam” a diocese a nível nacional: Rainha Santa Isabel, São Teotónio, Santo António e Santo Agostinho. “Nestas quatro vidas queremos representar homens e mulheres, leigos e consagrados, contemplativos e missionários, santos e pecadores”, resumem os responsáveis, salvaguardando que, dos quatro patronos, “só Santo Agostinho não viveu em Coimbra, mas é o padroeiro da nossa diocese”.

O COD Coimbra da JMJ Lisboa 2023 explica que a peregrinação da ‘Rota dos Patronos’ pode ser feita “em grupo ou individualmente” e vai dar a oportunidade para os jovens conhecerem “alguns locais emblemáticos” da cidade, como, por exemplo, o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (Rainha Santa Isabel), o Mosteiro de Santa Cruz (São Teotónio), a Igreja de Santo António dos Olivais (Santo António) e o Seminário Maior de Coimbra (Santo Agostinho), a que se junta ainda a Sé Velha de Coimbra, “local onde os jovens se encontram todos os dias 23 de cada mês para celebrar e rezar”.

Ao inscrever-se para “aventureiro”, cada jovem receberá o passaporte da experiência com as indicações, assim como uma camisola e um saco, os produtos oficiais da ‘Rota dos Patronos’.

Mais informação: www.facebook.com/codcoimbrajmj e coimbra@lisboa2023.org

A OPINIÃO DE
Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Segundo a Conferência Episcopal Portuguesa, ninguém pode ser obrigado a comungar na mão, nem proibido de comungar na boca.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES