Lisboa |
Semana Diocesana da Saúde
“Escutar com misericórdia”
<<
1/
>>
Imagem

As jornadas ‘Voluntariado para a Saúde - Recomeço’, integradas na Semana Diocesana da Saúde (2 a 7 de abril), destacaram que “escutar é muito mais do que ouvir” e “requer tempo e delicadeza”. Cardeal-Patriarca deixa “palavra de consolação” aos doentes.

No Externato de São Vicente de Paulo, no Campo Grande, em Lisboa, na manhã do passado dia 2 de abril, foi sublinhado que “a Igreja reconhece os valores dos doentes”, que “não são apenas membros passivos, mas membros ativos de pleno direito”. “Os doentes ajudam-nos a relativizar muitas coisas, evangelizam-nos, estimulam a nossa esperança e silenciosamente constroem o ‘tempo do espírito’ como pedras vivas”, observa a síntese da jornada, lembrando que “uma das grandes obras de misericórdia consiste precisamente em visitar, assistir e acompanhar os doentes”. O texto recorda ainda que “escutar é muito mais do que ouvir”, e que “requer a proximidade” e “necessita do coração”. “Escutar é deixar que o outro faça do diálogo uma oportunidade de encontro e de reencontro”, manifesta o texto, convidando os voluntários da Pastoral da Saúde a “escutar com misericórdia”.

A Semana Diocesana da Saúde teve como tema principal ‘O doente na paróquia, presença e proximidade’, com o Cardeal-Patriarca a presidir à Missa na Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, no Parque das Nações, em Lisboa, e a deixar “uma palavra de consolação aos doentes”, como é “oferecida no Evangelho”. “O coração de Deus não desiste de ninguém. Nunca ninguém desista de ninguém, porque o próprio Deus também não desiste”, apontou D. Manuel Clemente, no Domingo, 3 de abril.

Informações: https://patriarcado-lisboa.pt/saude

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Há temáticas sobre que tem falado o Papa Francisco de forma recorrente e que são da maior relevância, mas nem sempre têm o eco que seria devido.
ver [+]

Tony Neves
O Dia Mundial da Criança comemora-se a 1 de junho, em diversos países, incluindo Portugal, Angola, Moçambique…...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES