Uma semana com... um padre |
Padre Dmitro Lubiv: Tocando na ?Jerusalém Celeste?
<<
1/
>>
Imagem
Sabia que nem todos os crentes na Ucrânia são ortodoxos? Para dar a conhecer os padres católicos de rito oriental, o padre Dmitro Lubiv, capelão da comunidade ucraniana de Lisboa, partilhou a sua semana no blogue “Uma semana com... um padre”.

Presente em Portugal há dois anos e meio, o padre Dmitro Lubiv considerou este convite da VOZ DA VERDADE como “uma grande oportunidade para dar a conhecer a pastoral ucraniana na diocese de Lisboa”. Ao longo da semana os textos em português do padre Dmitro não foram editados de forma a perceber como se adapta um ucraniano em Portugal.

Sábado, dia 20 de Março, a semana começava agitada… mas feliz: “Um dia cheio de sentimentos, com muito trabalho e muitas preocupações, mas faço-o com toda disponibilidade e muito prazer. Porque a vida sacerdotal é uma doação total aos outros”. E uma paixão, a música: “Estou organizando um grupo musical que se destina exclusivamente a entoar cantos de louvor a Deus. Estou também a pensar qual o nome a atribuir-lhe”. Logo no primeiro dia de partilha, o padre Dmitro deixa a garantia: “Eu procuro fazer tudo de acordo com Evangelho, estou sempre disponível para aconselhar e esclarecer, todas as pessoas que a mim se dirigem, mas às vezes alguns paroquianos não compreendem esta minha actitude porque não vivem de acordo com as normas da igreja porque não as conhecem. Digo para eles que as leis da igreja eu não as posso mudar, não é da minha competência, apenas devo ensinar e obedecer”.
O domingo é dia de festa. “Um domingo, como sempre vou para a igreja… Tinha à minha espera um grupo de pessoas para as ouvir em confissão. Dá-me sempre uma grande alegria quando isto acontece, porque é um momento de arrependimento e conversão fazendo propósito de mudança de vida para o estado de graça”.
Tal como muitos outros sacerdotes, o padre Dmitro tem também a segunda-feira mais livre, “mas nem sempre isso acontece”. Neste dia 22 de Março, “o tempo passa muito depressa para poder resolver muitas e pequenas coisas”.

Terça-feira foi dedicada aos “preparativos para attuação do grupo de canto espiritual”. Na quarta-feira, dia 24, o padre Dmitro meditou no pecado. “Hoje pensei sobre o pecado e quero expor o meu pensamento: o pecado não dá liberdade á pessoa mas, escraviza e subjuga. Como estamos em tempo de Quaresma para refletirmos no sofrimento de Jesus cravado na Cruz por nosso amor. Hoje continua e mais do que nunca a ser crucificado pelos pecados da humanidade porque na verdade são verdadeiros cravos e espinhos todos estes pecados, tambem meus. Óh, meu Deus, ajuda-me a compreender a imensidão do teu amor que mostraste, dando a vida por mim, na cruz”. Este foi também o dia da escolha do nome para o tal grupo musical: “Preparei tudo para realização do concerto e hoje nasceu o novo grupo ‘Jerusalém Celeste’”. Quinta-feira o padre Dmitro inovou com a publicação de uma homilia. Leia-a em http://umasemanacom.blogspot.com.

E a semana termina com a apresentação da comunidade ucraniana. “Muitas pessoas pensam erradamente que somos ortodoxos mas verdadeiramente, somos igreja católica do rito oriental (bizantino). Nós estamos em Portugal 10 sacerdotes: 3 na diocese de Lisboa, 2 em Leiria-Fátima, 1 em Viséu, 1 no Porto, 1 em Setúbal, 1 em Évora e Beja, 1 em Faro. Um dos quais p. Ivan Hudz que se encontra na diocese de Évora, é o Coordenador Nacional Pastoral nomeado, pela Obra Católica das Migrações e pelo Arcebispo Maior Liubomyr Huzar da Ucrânia. Pode ler na página oficial de nossa igreja em ucraniano e inglês: www.ugcc.org.ua. Temos ainda em Lisboa o bloog da nossa igreja mas sómente em ucraniano: http://osbmpt.at.ua”.

Comentários e opiniões

“Caro amigo Pe. Dmitro, o seu trabalho é valioso. Acompanhar os emigrantes e levar-lhes Jesus Cristo é a sua maior riqueza. Eu já fui emigrante e sei como se vive num país estrangeiro. Coragem!”

Anónimo

 

“A evangelização não tem fronteiras, por isso agradeço-lhe padre Dmitro a sua orientação durante esta ‘semana com’. Graças a Deus que vai concedendo à Igreja santos sacerdotes para ajudar os fiéis na caminhada rumo à santidade. É com alegria que vou bebendo da Palavra que vem dos pastores da Igreja.”

Romão (Gaeiras)

 

“Sr padre, é com muito gosto que li os seus testemunhos, nesta semana. É muito importante perceber, que a igreja na Ucrânia não tem só ortodoxos. E fico maravilhada por saber, que apesar dos ritos diferentes, ambos pertencemos à mesma Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Bem haja pela sua entrega. Neste Ano Sacerdotal, rezarei também por si.”
Salomé (Gaeiras)

“Como é bela a sua mensagem para reflexão sobre o pecado. Há muitos cristãos que não vêem pecado em nada. (…) Obrigado pela sua partilha na ‘semana com’.”

Anónimo

 

“Sinto que também o sr. padre veio para fazer a vontade de Deus, e dar testemunho d'Ele. Que Deus o abençoe e proteja, volte para si o Seu rosto e lhe conceda a Paz.”

Anónimo

Todas as partilhas do padre Dmitro Lubiv

http://umasemanacom.blogspot.com/search/label/Pe.%20Dmitro%20Lubiv

Diogo Paiva Brandão
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Acaba de ser publicada a declaração “Dignitas Infinita” sobre a Dignidade Humana, elaborada...
ver [+]

Tony Neves
Há fins de semana inspirados. Sábado fiz de guia a dois locais que me marcam cada vez que lá vou. A...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Conta-nos São João que, junto à Cruz de Jesus, estava Maria, a Mãe de Cristo, que, nesse momento, foi...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Foi muito bem acolhida, pela generalidade da chamada “opinião pública”, a notícia de que...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES