JMJ Lisboa 2023 |
Dicastério para os Leigos, Família e Vida
“A JMJ vem no momento certo”
<<
1/
>>
Imagem

O padre Alexandre Awi Mello, secretário do Dicastério Para os Leigos, Família e Vida (Santa Sé), considera que a Jornada Mundial da Juventude que Lisboa vai acolher em agosto de 2023 é um testemunho de paz e diálogo para todos. “A JMJ vem no momento certo para dizer que é possível um mundo novo, um mundo melhor”, disse o sacerdote, em entrevista, durante a última semana, em que esteve em Portugal para acompanhar os preparativos da JMJ.

Numa Missa celebrada na paróquia do Parque das Nações - próximo do local que vai receber os atos centrais da JMJ, o padre Alexandre Awi Mello apontou à presença de jovens de todo o mundo em Lisboa, imaginando um cenário em que bandeiras da Ucrânia e da Rússia unam delegações dos dois países, em paz. “A JMJ é um testemunho vivo de que a paz é possível”, sublinhou.

A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
O poema chama-se “Missa das 10” e foi publicado no volume Pelicano (1987). Pode dizer-se...
ver [+]

Tony Neves
Cerca de 3 mil Espiritanos, espalhados por 63 países, nos cinco continentes, anunciam o Evangelho....
ver [+]

Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES