Especiais |
Visitas Temáticas no Mosteiro de São Vicente de Fora
<<
1/
>>
Imagem
Procurando estabelecer a relação entre o monumento e os seus diversos públicos, o Serviço Educativo do Mosteiro de São Vicente de Fora promove um programa de visitas guiadas temáticas, centradas na história do monumento e seu acervo museológico.

Planeadas em função das características de cada grupo, dirigem-se a todos os tipos de público, oferecendo programas estruturados de acordo com objectivos de natureza escolar, lúdica ou académica. Em abordagens de carácter geral, histórico ou artístico, apresentam-se assim como uma nova proposta de acção educativa e cultural da cidade de Lisboa, capaz de incutir nos visitantes, não apenas o conhecimento da História, como também a dimensão espiritual e estética presente nos diversos itinerários propostos. Dando particular destaque aos diversos períodos artísticos representados, promovem a estreita articulação entre a história do mosteiro, da cidade e do Patriarcado de Lisboa.

 

1. CONHECER O MOSTEIRO

Percurso geral pelo mosteiro de São Vicente de Fora, incide na sua história e quotidiano, desde o período medieval até à época contemporânea. Monumento que se assume como um legado à cidade de Lisboa, desde a sua fundação no século XII, abre-se agora à cidade, convidando os visitantes a conhecerem a história (e as estórias) que as suas paredes encerram. Venha desfrutar desta visita temática e contemplar a magnífica panorâmica sobre Lisboa.

Percurso: Do mosteiro medieval à afirmação de uma nova dinastia (Cisterna, Portaria); Do esplendor joanino ao período contemporâneo (Sacristia, Panteões dos Bragança e dos Patriarcas); O mosteiro e a cidade (Terraço panorâmico).

 

2. A IGREJA LISBONENSE

O Museu de São Vicente de Fora, aberto ao público desde os anos 90 e tutelado pelo Patriarcado de Lisboa, pretende dar a conhecer, através sua exposição permanente, a história da Igreja Lisbonense e dos Patriarcas. Integrando na sua colecção peças de pintura, escultura, ourivesaria e paramentaria, de uso pessoal e litúrgico dos Patriarcas de Lisboa, é numa perspectiva museológica que se apresenta a sinopse histórica do tema.

Percurso: Até à Fundação da Nacionalidade; Do período Medieval à época Moderna; A Igreja Patriarcal de Lisboa; Época Contemporânea; Galeria dos Patriarcas.

 

3. ARTE E ARQUITECTURA

Partindo dos vestígios arqueológicos do mosteiro românico, o itinerário em torno da Arte e Arquitectura de São Vicente de Fora transporta o visitante num percurso pela sua evolução artística. Monumento que se assume como um dos mais qualificados repositórios da arte nacional, será nos claustros que se promove um primeiro contacto com o “novo” mosteiro filipino, e a partir dos quais se desenvolve esse périplo artístico, oscilante entre a depuração das linhas maneiristas e o esplendor do barroco joanino.

Percurso: O Mosteiro Medieval (Cisterna); O Mosteiro Maneirista (Claustros); O Mosteiro Barroco (Portaria, Sacristia, Capela do Cardeal).

 

4. SEPULTAMENTOS E MEMÓRIA

Estão sepultados em São Vicente de Fora alguns dos maiores protagonistas da história de Portugal. Entre lápides e imponentes monumentos fúnebres, de clérigos, cruzados ou monarcas, o percurso estabelece a ligação entre a história dos seus protagonistas e as gramáticas artísticas com que, desde a conquista de Lisboa ao Estado Novo, foram executadas as suas últimas moradas.

Percurso: A sacralidade do lugar (Portaria); Cónegos e Cruzados (Claustros, Lápides); Poder e Memória (A Capela do Cardeal e dos Meninos de Palhavã, O Panteão dos Bragança e dos Patriarcas).

 

5. AZULEJARIA BARROCA

O Mosteiro de São Vicente de Fora possui a maior colecção mundial de azulejaria barroca concentrada num mesmo edifício, desde a sua fase inicial, passando pelo máximo esplendor do período Joanino, até à exuberância dos ornamentos rocaille. Venha percorrer dois séculos de excelência decorativa, conhecendo os mestres e as obras que fizeram progredir uma das mais marcantes expressões da arte nacional.

Percurso: Do Barroco Inicial ao Ciclo dos Mestres (Escadaria do Cardeal, Portaria); A Grande Produção Joanina (Claustros, Escadaria dos Sinos); Do Rococó às Últimas Manifestações (Sala do Concelho, Galeria das Fábulas).

 

 

CONTACTOS

Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa

Campo de Santa Clara, 1100-472 Lisboa

Tel.: 218810500; Fax: 218810555

E-mail: n.martins.ccultural@patriarcado-lisboa.pt

 

 

Museus e monumentos nacionais abertos gratuitamente no dia da chegada de Bento XVI a Portugal

 

No próximo dia 11 de Maio, data da chegada do Papa ao nosso país, os museus e monumentos nacionais vão estar abertos gratuitamente durante o dia. A informação foi avançada pela própria ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, que já confirmou também a sua presença no encontro de Bento XVI com o mundo da cultura, que vai decorrer no Centro Cultural de Belém na manhã do dia 12.

Recorde-se que Bento XVI visita Portugal entre os dias 11 e 14 de Maio, com passagens por Lisboa, Fátima e Porto.

Centro Cultural do Patriarcado de Lisboa
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
O poema chama-se “Missa das 10” e foi publicado no volume Pelicano (1987). Pode dizer-se...
ver [+]

Tony Neves
Cerca de 3 mil Espiritanos, espalhados por 63 países, nos cinco continentes, anunciam o Evangelho....
ver [+]

Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES