Editorial
P. Nuno Rosário Fernandes
Uma cultura mastigada?
Chegámos ao final do mês de junho e, assim, passou mais um ano pastoral. Na sequência da caminhada sinodal na nossa diocese, e após a publicação da Constituição Sinodal de Lisboa, de dezembro de 2016, este ano foi vivido tendo como tema ‘A liturgia como lugar de encontro’.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
O editorial que termina sem rimar
Este mês de junho é mês de festas, procissões e de rimas. Rimas de quadras, pensadas e estruturadas para rimar. Porque são três santos que se celebra, em ambiente popular. Santo António de Lisboa é o primeiro, e há tanto da sua vida para valorizar. Mas...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Capela dos anjos
Cerca de 25 mil crianças participaram, no passado dia 10 de junho, em Fátima, na Peregrinação Nacional das Crianças, onde foram convidadas a ‘construir’ em suas casas uma capela, como lugar de oração. Este podia ser o ‘lead’, ou...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
A Rede que leva ao Amor
Este Domingo, solenidade da Ascensão do Senhor, a Igreja celebra o Dia Mundial das Comunicações Sociais e, mais uma vez, o Santo Padre quer ajudar-nos, a todos, a refletir sobre a importância dos media e o modo como estes são utilizados. Na mensagem deste...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Hoje não me apetece escrever.
Hoje acordei com este sentimento. Não me apetece escrever. Sei que tenho um espaço para preencher, e a responsabilidade semanal é um compromisso assumido com o leitor, mas hoje não me apetece escrever. Há tanto que gostaria de dizer, mas não me apetece.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Não rejeitemos Jesus
Quando, em 2017, o Papa Francisco afirmava, em Fátima e para todo o mundo, “Temos Mãe”, acentuava a grande dádiva que Jesus nos faz no momento da sua Paixão e morte na Cruz. Suspenso no madeiro, com Maria e João a seus pés, Jesus diz a João:...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Tantas promessas! Que promessa?
Muitas vezes ouvimos falar em promessas. São promessas pessoais, se eu me comprometo com alguém, com um objetivo de corresponder a algo solicitado ou decidido; podem ser promessas de âmbito religioso, quando numa atitude, por vezes de uma fé desesperada,...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Tornar o amor radical
Recordo, nos meus tempos de infância, como gostava de brincar e tão facilmente se criavam brincadeiras a partir de qualquer coisa. Os baloiços, os escorregas, onde até perdi aquele último dente de leite que tanto abanava e não caía; a bicicleta que gostava...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Uma nova vida
No passado Domingo, quando a Igreja celebrava a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, o mundo parou. É verdade! Mas não foi por esta celebração festiva no início da Semana Santa. O mundo parou porque três redes sociais bloquearam. Mas, ao que parece, terá sido apenas na Europa, incluindo Portugal.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Acertar as contas
Entramos, este Domingo, na Semana Santa. É a Semana Maior que nos conduz à celebração, também a maior do ano litúrgico, não apenas no tempo que dura, mas na importância que tem: a Vigília Pascal. Durante todo este tempo da Quaresma, fomos ouvindo o convite à conversão.
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
Com tudo o que somos
“Vale a pena apostar na família. Não deixeis que vos roubem o amor a sério”. Estas são duas frases das muitas que retenho do novo documento que o Papa Francisco publicou esta semana, ‘Cristo Vive’, a exortação apostólica pós-sinodal,...
ver [+]
P. Nuno Rosário Fernandes
#somosmoçambique
Cada vez mais a comunicação social assume um papel de grande importância e em situações de emergência é um meio indispensável, seja para informar, seja para ajudar, porque em causa estará sempre o serviço público que presta ou deve prestar. Temos acompanhado,...
ver [+]
A OPINIÃO DE
Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Segundo a Conferência Episcopal Portuguesa, ninguém pode ser obrigado a comungar na mão, nem proibido de comungar na boca.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES