Domingo
À procura da Palavra
Santos? Nós?
O mês de novembro começa com dois dias especialmente dedicados a levantarmos os olhos e o pensamento para mais além da vida deste mundo: o dia de Todos os Santos e o dos fiéis defuntos. Ambos nos falam da esperança cristã e caracterizam-se pela universalidade.
ver [+]
À procura da Palavra
O amor é um projecto
Há um diálogo no musical “Um violino no telhado”, entre um casal judeu a propósito das suas filhas porem em causa a tradição dos casamentos, que os leva a descobrir, passados 25 anos, que se amam. Nunca é tarde para descobrir que os gestos...
ver [+]
À procura da Palavra
De quem somos?
Fazer perguntas é bom, e só quem não ama a verdade é que não gosta de questionar e ser questionado. A arte de ensinar não será porventura arte de suscitar perguntas? Dizia a escritora Clarice Lispector: “Enquanto eu tiver perguntas e não houver resposta continuarei a escrever.
ver [+]
À procura da Palavra
A festa possível
“O tempo não está para festas!” dizia há dias alguém, desalentado. E não se referia ao tempo atmosférico, nem ao tempo de crise, mas sim ao tempo de pandemia. Distanciamento social, ajuntamentos com o máximo de 6 pessoas, na rua e até em...
ver [+]
À procura da Palavra
A vinha e o mundo
Não há parábola mais dura de Jesus contra os chefes e dirigentes de Israel do que a dos “vinhateiros homicidas”. A ânsia de possuir, a vinha…, o povo…, o mundo…, cega aqueles que eram arrendatários. Até chegar à própria morte do herdeiro.
ver [+]
À procura da Palavra
É preciso mudar
As escolas e as vindimas parecem andar de mãos-dadas: as primeiras iniciam, por estes dias, o grande tempo de sementeira e adubagem do conhecimento para que chegue o tempo dos frutos lá para o Verão; as segundas reclamam a colheita rápida dos frutos rubros...
ver [+]
À procura da Palavra
Primeiros e últimos
Há quem goste de ganhar porque deu o seu melhor, bateu o seu recorde, ultrapassou um limite. E há quem goste de ganhar porque ficou à frente de todos, pode olhar de cima os demais, julga que vale mais do que os outros. Os primeiros conseguem partilhar...
ver [+]
À procura da Palavra
Quantas vezes?
Os números estão em todo o lado. Da contagem do tempo às listas de tarefas precisamos da aritmética e da matemática para a vida. Vivemos estes dias de pandemia na expectativa dos números anunciados de infectados e recuperados, de falecidos e internados.
ver [+]
À procura da Palavra
Ganhar o irmão
A demora da desejada vitória sobre o vírus que se tornou o eixo de todas as notícias é uma parábola do nosso tempo. Desejamos vitórias rápidas e curtas batalhas; sempre a pressa de que tudo volte ao que era, menos mal. Tendemos a preparar-nos pouco...
ver [+]
À procura da Palavra
Que tesouros procuramos?
“O que mais custa na desgraça deste vírus é não poder estar com os meus netos; abraçá-los e dar-lhes beijinhos!” Desabafava assim uma avó entre lágrimas, que, sem saber, se tornava porta-voz de um dos sofrimentos maiores desta pandemia: a distância entre avós e netos.
ver [+]
À procura da Palavra
Prudência, paciência e humildade
As parábolas não se explicam. Têm a força de nos surpreender, de revolucionar certa geometria do pensamento que tenta “manter tudo a régua e esquadro”, propõem uma ideia alternativa, um final inesperado. Nascem do quotidiano e abrem para o infinito, para a mudança de critérios e de vida.
ver [+]
À procura da Palavra
Semear é preciso
Há na pintura “O Semeador” de Vincent Van Gogh uma janela luminosa para a parábola que Jesus conta no evangelho de hoje. Os inúmeros campos de trigo pintados por Van Gogh, cheios de sol e cores vibrantes, retratam a alma atormentada e apaixonada do pintor.
ver [+]
Anterior    6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21      Próximo
A OPINIÃO DE
Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Segundo a Conferência Episcopal Portuguesa, ninguém pode ser obrigado a comungar na mão, nem proibido de comungar na boca.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES