Domingo
À procura da Palavra
A abundância do coração
Muitas ideias e demasiados propósitos conduzem a pouca prática. É como se diz: “De boas intenções está o inferno cheio.” “Inferno” em sentido metafórico, claro, também como representação do bem que podia ter sido feito e não se fez.
ver [+]
À procura da Palavra
A revolução do amor
Era surpreendente o sorriso daquela anciã, certamente nonagenária, enquanto o padre falava sobre a dificuldade em amar os inimigos. No fim da Missa, o padre, curioso com tal contentamento, foi cumprimentá-la, e não resistiu a perguntar se tinha gostado da homilia.
ver [+]
À procura da Palavra
Mudar os corações
Gosto muito de “road movies”. Não só pelas belas paisagens que habitualmente oferecem, mas principalmente pelo efeito da viagem na vida dos viajantes. Há um sabor de peregrinação, que tem origem no latim “per agros”, “pelos...
ver [+]
À procura da Palavra
Em que barca vamos?
O mar da Galileia é um grande lago. Também tem tempestades e ainda se pesca nele como no tempo de Jesus. Quem visita Israel não se cansa de recordar o encanto do passeio no lago e de quando param os motores e só se ouve a brisa e se sente a ondulação a balouçar o barco.
ver [+]
À procura da Palavra
Sabem, querem, e fazem…!
Podemos reconhecer estes atributos nas pessoas decididas e promotoras de desenvolvimento. “Saber”, “querer” e “fazer” não são ideais que nos motivam como humanos? Contudo, aplicados aos conterrâneos de Jesus, na sua...
ver [+]
À procura da Palavra
Hoje mesmo
Não é fácil vivermos o “hoje”. A sabedoria do tempo presente é dificultada pela pressa, pelas preocupações, pelos lamentos e pelos medos. Quantas vezes o passado parece prender-nos e o futuro invadir de luz ou trevas o momento que estamos...
ver [+]
À procura da Palavra
O vinho da alegria
O que Jesus certamente não disse em Caná da Galileia foi um sermão sobre o casamento, ou alguns conselhos aos esposos para a sua vida conjugal. É surpreendente que S. João nos conte que o primeiro “sinal” de Jesus (e não lhe chama milagre)...
ver [+]
À procura da Palavra
Baptizado, hoje
Durante alguns anos julguei que me lembrava do meu baptismo. Do padre e dos meus pais, da pia e da água a cair na minha cabeça, da igreja no centro da cidade do Lobito. É claro que não podia lembrar o que me aconteceu com dois meses de vida, mas foi o...
ver [+]
À procura da Palavra
Que estrela nos guia?
São modelo para quem explora e quem busca os magos que foram a Belém. Homens de olhares erguidos aos céus, desejosos de conhecer os mistérios da vida. Não se prenderam a amarras e partiram, simplesmente porque uma estrela os convidava a ir. Não eram...
ver [+]
À procura da Palavra
O encontro das duas mulheres
Há muitos encontros no abraço de Maria e de Isabel. Abraço, sim, pois a arte não se cansou de o representar ao longo dos tempos. E ainda que em muitas obras apareçam Zacarias e José, são elas, a mulher-mãe-idosa e a mulher-mãe-virgem, o centro da cena.
ver [+]
À procura da Palavra
É possível a alegria
Há alguns anos atrás alguém fez uma tentativa de restauro das imagens do presépio da Igreja de S. Domingos e, na esperança de conseguir um tom rosado para as mãos de José e de Maria, pintou-as de um rosa bem vivo. Sim, aquele tom da “Pantera-cor-de-rosa”...
ver [+]
À procura da Palavra
Que luz para as nossas ruas?
Sempre foi uma tradição lisboeta ir ver as luzes de Natal à Baixa e a outras ruas que se iluminam em Dezembro. Percorro-as também e invade-me, aos poucos, uma tristeza. Há luzes e muitas luzes, bolas e figuras geométricas, fachadas com faixas de alto...
ver [+]
Anterior    11.25   12.25   13.25   14.25   15.25   16.25   17.25   18.25   19.25   20.25   21.25   22.25   23.25   24.25   25.25   26.25      Próximo
A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES