Mundo
África: histórias inspiradoras num continente em lágrimas
Sorrisos de Deus
África é um continente ferido, onde milhões de pessoas sofrem por causa da violência, do terrorismo, da pobreza extrema, das doenças. África é também o continente onde a Igreja regista o maior número de vocações. Parece contraditório? A Irmã Felicita dá a resposta a isso.
ver [+]
Os Cristãos da Nigéria pedem-nos ajuda nesta Quaresma
Lágrimas de sangue
Na próxima sexta-feira faz exactamente três anos que 276 raparigas foram sequestradas de uma escola em Chibok. Desconhece-se ainda o paradeiro da maior parte destas jovens cristãs vítimas do terrorismo islâmico neste país. Milhares de pessoas já morreram, milhões foram forçadas a fugir.
ver [+]
Falta de água está a provocar uma crise terrível na Etiópia
Morrer de fome
Milhões de pessoas estão em risco na Etiópia. A falta de água está a matar este país. Apesar de todos os avisos, de todos os alertas, a comunidade internacional parece desinteressar-se pelo drama de tantos homens, mulheres e crianças. A Fundação AIS lançou...
ver [+]
A fuga de John Kuetu até ao campo de refugiados de Kakuma, Quénia
Uma lição de vida
Fugiu do país, o Burundi, com a mulher e os três filhos. Só levou consigo um saco com alguma roupa. John Kuetu fugiu por causa da guerra tribal que opôs tutsis e hutus, e que provocou mais de 300 mil mortos. Um deles foi o seu pai, assassinado por ser tutsi.
ver [+]
Zanzibar: a guerra silenciosa contra os cristãos
“Sou padre, morrerei aqui!”
É raro o dia em que não se verifica algum incidente com a minoritária comunidade cristã em Zanzibar. Nos últimos anos, a tensão tem vindo a crescer, com ataques a Igrejas, assassinato de sacerdotes, ameaças a irmãs, intimidação de catequistas…...
ver [+]
A guerra esquecida na República Democrática do Congo
Violência sem fim
Nos últimos meses uma violência absurda instalou-se por todo o lado como uma epidemia descontrolada. O presidente não quer abandonar o poder e as ruas encheram-se de tiros, morte e medo. Algumas igrejas têm sido vandalizadas, seminários destruídos e até uma irmã foi assassinada.
ver [+]
Fundação AIS lança campanha pela Igreja que sofre em África
Combater a indiferença
Só a Ásia se compara a África como o continente com o maior aumento de vocações sacerdotais. Este é o lado bom desta história. O pior é o resto: a violência, as guerras, a extrema pobreza, a fome e a ameaça do radicalismo islâmico. A Igreja em África...
ver [+]
Memórias do ataque a Bocaranga, na República Centro-Africana
Quatro horas de horror
Os Padres Capuchinhos e as Missionárias da Caridade estiveram na mira das armas de milícias rebeldes em Bocaranga. Durante quatro longas horas, a cidade transformou-se quase num campo de batalha, com tiros e explosões por toda a parte, com bandos de homens à solta, matando, ferindo, pilhando.
ver [+]
Os heróis que levam o Evangelho ao coração do Amazonas, no Brasil
Saudades da Missa
São dias e dias para se chegar a cada aldeia, a cada casa. São viagens enormes e perigosas em velhos barcos de madeira, nas únicas “estradas” na selva da Amazónia. A Diocese de Tefé, por exemplo, tem quase três vezes o tamanho de Portugal,...
ver [+]
Populações aterrorizadas com a guerra sem fim no Sudão do Sul
“Os ataques foram brutais…”
É um conflito tribal que já provocou mais de 10 mil mortos e dois milhões de refugiados. Ninguém está a salvo. A violência parece imparável. Quase todos os dias há relatos de violações de mulheres, de rapazes recrutados à força por grupos armados, de populações em fuga.
ver [+]
Iraque: reconquista não significa regresso imediato dos Cristãos
A sombra do medo
Igrejas esventradas, imagens decepadas, paredes queimadas, livros sagrados espalhados pelo chão. Aos poucos, com a libertação de vilas e aldeias no Iraque, em especial na chamada Planície de Nínive, percebe-se que os jihadistas se alimentam de ódio puro contra os Cristãos.
ver [+]
Índia: Igreja defende os direitos de milhões de “dalits”
Os insignificantes
Não têm direitos. Na Índia, há milhões de crianças, mulheres e homens que são vistos como indignos. São os “dalits”, os intocáveis. São milhões e, no entanto, é como se não existissem, como se fossem invisíveis, insignificantes. Muitos destes “dalits” são cristãos.
ver [+]
A OPINIÃO DE
Tony Neves
Deixei Cabo Verde, terra da ‘morabeza’, já cheio da ‘sodade’ que tão bem nos cantava Cesária Évora.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Talvez a mais surpreendente iniciativa do pontificado do Papa Francisco (onde as surpresas abundam)...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
Segundo a Conferência Episcopal Portuguesa, ninguém pode ser obrigado a comungar na mão, nem proibido de comungar na boca.
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES