Mundo
Neste Natal, a Fundação AIS lembra os Cristãos do Médio Oriente e Terra Santa
“O Líbano está a desaparecer…”
Foi uma terra de promessas, de vida fulgurante. Hoje, aos poucos, o Líbano está a transformar-se num país fantasma, onde a vida é quase impossível, onde o dinheiro deixou de ter valor, onde falta quase tudo em todas as casas, a começar, tantas vezes, pelo pão.
ver [+]
Uma viagem ao Peru, quase uma epopeia, a terras do fim do mundo…
Verdadeiros heróis
Num país pobre onde muitas comunidades vivem em regiões remotas, de difícil acesso, como a Amazónia, e onde há uma grande falta de sacerdotes, os leigos desempenham um papel essencial como animadores da Igreja, como defensores da fé. Por isso, eles...
ver [+]
Rezar pela paz é a proposta da Fundação AIS para dia 18 de Outubro
Nas mãos das crianças
O mundo está em guerra, em pedações, como tanto tem alertado o Papa Francisco. Depois da Ucrânia, em pleno coração da Europa, deflagrou agora um novo e terrível conflito na Terra Santa, entre o Hamas e Israel. Perante isto, que fazer? Talvez rezar!...
ver [+]
O Sudão está em guerra há meses, mas o mundo parece não reparar nisso
A guerra esquecida
Desde 15 de Abril que os combates entre o exército e as milícias da RDF estão a provocar uma tragédia humanitária no Sudão. Um missionário católico enviou uma curta mensagem para a Fundação AIS Internacional a pedir as orações de todos pela paz e explicando...
ver [+]
Terroristas executam grupo de cristãos em novo ataque em Moçambique
Massacre em Cabo Delgado
O terror voltou a Moçambique. Homens armados atacaram com crueldade uma aldeia em Cabo Delgado, no dia 15 de Setembro, e assassinaram pelo menos 11 cristãos. Foi um acto deliberado. Antes de terem sido executados a tiro, os cristãos foram separados dos muçulmanos.
ver [+]
A “querida Irmã” Maria de Coppi, assassinada em Setembro de 2022
Impossível esquecer
Passou um ano, mas parece ainda difícil de acreditar. A Irmã Maria de Coppi, uma italiana de 83 anos que passou grande parte da sua vida em terras de Moçambique, foi assassinada a tiro num ataque terrorista à missão de Chipene, onde vivia. Mataram-na,...
ver [+]
Comunidade cristã do Paquistão vive alarmada após ataque em Jaranwala
Dias de tristeza e medo
Mais de duas dezenas de igrejas e centenas de casas foram destruídas por radicais muçulmanos a 16 de Agosto em Jaranwala, no Paquistão. Milhares de homens, mulheres e crianças tiveram a vida em risco. Até um cemitério foi atacado e profanado. Mas, apesar...
ver [+]
A imagem de Nossa Senhora que o Papa benzeu na Mongólia
Um tesouro no lixo
Ninguém sabe como a escultura da Imaculada Conceição foi parar a um aterro sanitário no norte da Mongólia. Mas quando a senhora Tsetsege a encontrou, há dez anos, depressa compreendeu que seria algo muito especial. Pelo menos para ela. Parecia querer dizer-lhe alguma coisa.
ver [+]
Desde Kherson, no meio da guerra, um padre fala da sua missão
Até ao último dia
A invasão da Ucrânia começou em Fevereiro do ano passado. A ocupação da cidade de Kherson pelas tropas russas teve início apenas um mês mais tarde. Veio o frio, o Inverno. E veio também a reconquista pelos Ucranianos. E a guerra continuou. E em Kherson continua também o Padre Ignatius Moskalyuk.
ver [+]
Fundação AIS vai levar tema dos Cristãos perseguidos para a JMJ
Nunca esquecer os Heróis da Fé
Durante os seis dias da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa, que começa daqui a dias, a Fundação AIS vai realizar diversas iniciativas com o propósito de alertar os jovens para a temática dos Cristãos perseguidos no mundo e, simultaneamente, procurar...
ver [+]
40 anos depois, a missão de Dómuè tem de novo a presença de religiosas
De regresso a casa
A data ficará para a história de Moçambique. No dia 10 de Maio, as primeiras irmãs da congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada chegaram a Dómuè, num clima de festa como há muito não se via. A razão é simples. Há 40 anos que não havia por ali a presença de religiosas.
ver [+]
A difícil missão da Igreja junto dos mineiros na Diocese de Bukavu
Garimpeiros da miséria
O contraste não podia ser maior. Os que esgravatam o solo à procura de minerais preciosos vivem na maior pobreza na República Democrática do Congo. Exploram a terra, mas são explorados pelos homens, os negociantes que lhes compram o fruto do trabalho com preços de miséria.
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16      Próximo
A OPINIÃO DE
Guilherme d'Oliveira Martins
Se há exemplo de ativismo cívico e religioso e para o impulso permanente em prol da solidariedade, da...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Há temáticas sobre que tem falado o Papa Francisco de forma recorrente e que são da maior relevância, mas nem sempre têm o eco que seria devido.
ver [+]

Tony Neves
O Dia Mundial da Criança comemora-se a 1 de junho, em diversos países, incluindo Portugal, Angola, Moçambique…...
ver [+]

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
O que caracteriza o casamento não é o amor – que é também comum a outras relações humanas –...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES