Mundo
No Ruanda, o genocídio dos tutsis é ainda uma memória dolorosa
O longo caminho da paz
Foi há 29 anos. Por estes dias, o Ruanda estava transformado num quase matadouro. Viveram-se situações brutais de violência étnica. De violência dos hutus contra os tutsis. Houve cerca de 1 milhão de mortos. Ainda hoje há centenas de pessoas presas que foram condenadas pelos massacres.
ver [+]
A luta de um sacerdote para resgatar as raparigas cristãs raptadas
Não baixar os braços
O rapto de jovens raparigas e mulheres cristãs no Paquistão é um drama que parece não ter fim. A Fundação AIS tem uma exposição sobre este tema em Évora e o Pe. Emmanuel Yousaf, director da Comissão Católica Justiça e Paz, garante que este é um problema...
ver [+]
Relatório revela violência brutal contra a Igreja da Nicarágua desde 2018
Podemos ignorar?
Um bispo na prisão, 37 padres exilados, 32 religiosas expulsas do país, confisco de, pelo menos, 7 edifícios da Igreja, nomeadamente um convento. No total foram 529 ataques do regime liderado por Daniel Ortega à Igreja desde Abril de 2018. Todos estes...
ver [+]
Defesa dos Cristãos perseguidos tem sido constante na vida de Carlos III
Um rei amigo da Fundação AIS
O Rei Carlos III, cuja cerimónia de coroação, no sábado, dia 6 de Maio, foi seguida em directo por milhões de pessoas em todo o mundo, tem alertado, ao longo da sua vida pública, para o drama dos Cristãos perseguidos, defendendo intransigentemente a...
ver [+]
No maior país muçulmano do mundo há uma congregação com 53 noviças
Amar como Jesus amou
A Indonésia é o país com mais população muçulmana em todo o mundo. Os Católicos representam apenas 3%. Mas na Ilha das Flores – onde ainda se escutam orações num dialecto com perfume português –, há uma congregação que tem um sucesso especial.
ver [+]
Fátima Castro, leiga missionária de Braga em Ocua, Cabo Delgado
“Procuro ser porto de abrigo”
Sabe onde fica a 552ª paróquia da Arquidiocese de Braga? Fica muito longe, a mais de 11 mil quilómetros de distância. É na Diocese de Pemba, em Cabo Delgado, a região mais pobre de Moçambique, que vamos encontrar a Paróquia de Santa Cecília de Ocua....
ver [+]
Jovem cristã, vítima do Boko Haram, na Nigéria, conta a sua história
“É difícil perdoar...”
Tem apenas 22 anos, mas parece carregar todo o sofrimento do mundo. Janada Marcus é cristã e está a fazer terapia no Centro de Trauma da Diocese de Maiduguri, uma estrutura da Igreja, erguida com o apoio da Fundação AIS, para auxiliar pessoas que viveram...
ver [+]
Na Diocese de Jos, na Nigéria, os padres arriscam a vida todos os dias
O dilema do Padre Andrew
A Igreja na Nigéria enfrenta diversas ameaças: o terrorismo, a radicalização crescente de pastores nómadas muçulmanos, que atacam as comunidades cristãs, e os raptos. A cada dia que passa parece aumentar o risco de padres, irmãs e até bispos serem raptados.
ver [+] video
Nigéria: Igreja está presente entre os mais pobres na Diocese de Abuja
O tesouro do Padre Thaddeus
O lugar é muito pobre. A capela é feita de chapas de zinco, as casas são quase miseráveis. Não há electricidade, nem água. Não há nada além das pessoas que por lá vivem e dos animais. O Padre Thaddeus Anasigwe foi enviado para esta aldeia quase sem nome no meio da Nigéria.
ver [+] video
Milhões de cristãos vivem em campos de deslocados na Nigéria
“A matança continua…”
O mundo parece ignorar o que se passa na Nigéria, onde grupos armados espalham medo, destruição e morte. É assim já há muito tempo, mas quase não se fala disto. Só na Diocese de Makurdi há cerca de dois milhões de deslocados internos. Muitos são cristãos.
ver [+] video
Bispo de Quelimane deixa alerta após passagem do ciclone Freddy
“Aqui há gente a morrer”
Duas semanas depois da passagem do ciclone Freddy por Moçambique, é imenso ainda o rasto de destruição. Há dezenas de mortos, 50 mil deslocados e mais de 350 mil pessoas afectadas. O Bispo de Quelimane, uma das zonas mais atingidas pelas chuvas e ventos...
ver [+]
Jacques Mourad, o novo Arcebispo de Homs, recorda o tempo de cativeiro
“O Terço foi a minha arma”
Esteve em cativeiro dos jihadistas do Estado Islâmico em 2015 durante cerca de cinco meses, período em que foi ameaçado de morte, tendo chegado até a ser colocado perante um pelotão de fuzilamento. Sobreviveu a tudo, confiando em Nossa Senhora e na...
ver [+]
Anterior    1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16      Próximo
A OPINIÃO DE
Tony Neves
O Gabão acolheu-me de braços e coração abertos, numa visita que foi estreia absoluta neste país da África central.
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Impressiona como foi festejada a aprovação, por larga e transversal maioria de deputados e senadores,...
ver [+]

Guilherme d'Oliveira Martins
Há anos, Umberto Eco perguntava: o que faria Tomás de Aquino se vivesse nos dias de hoje? Aperceber-se-ia...
ver [+]

Pedro Vaz Patto
Já lá vai o tempo em que por muitos cantos das nossas cidades e vilas se viam bandeiras azuis e amarelas...
ver [+]

Visite a página online
do Patriarcado de Lisboa
EDIÇÕES ANTERIORES